Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Como utilizar GIFs animados em sua estratégia de comunicação online?

Publicado por Teresa Alba em 07/06/2017

gifs animados

Em 2012, o Oxford Dictionary reconheceu oficialmente a palavra ” GIF”, pois não é apenas um meio de expressão da cultura pop; tornou-se uma ferramenta para pesquisa e outras mídias, como afirma a chefe do dicionário, Katherine Martin.

Este formato de imagem, já usado há anos para criar banners com seqüências diferentes, uma vez que é uma maneira muito simples para criar uma sensação de movimento sem recorrer a produção cara de vídeos.

Mas os GIFs animados continuaram evoluindo, e acabaram sendo quase tão usados, como os smileys famosos e emoji para redes sociais.

Tal é a revolução social que tem causado o uso de GIFs animados, que muitos canais de comunicação começaram a admitir a sua utilização. Por exemplo, você pode incluí-los em seus posts no Facebook e Twitter, ou em suas conversas no WhatsApp ou Telegram com facilidade.

Para que você também possa incluir GIFs em sua estratégia de comunicação online, neste post eu convido você a descobrir como tirar o máximo proveito deles, onde obtê-los e, especialmente, como usá-los em email marketing.

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

Como usar GIFs animados em suas estratégias?

“GIFs animados, Graphic Interchange Format ou formato de intercambio de imagens são arquivos de imagem com 1 ou mais quadros que são exibidos alternadamente.”

Seu primeiro uso em marketing online foi como comentamos antes em banners web. Estes têm evoluído muito e agora oferecem formatos diferentes, com galerias de imagens ou vídeos.

Devido à evolução dos banners, o uso de GIFs diminuiu, passando a ser um arquivo pouco usado. No entanto, o uso de memes por parte dos usuários nas redes sociais fez com que muitas plataformas começassem a facilitar a sua inclusão no seu conteúdo.

Os usuários estão cada vez mais utilizando GIFs animados em suas conversas, às vezes chegando a comunicar-se exclusivamente através deles. afinal de contas, é um formato que permite contar uma pequena história em segundos.

“Os GIFs animados são um bom aliado para as estratégias de comunicação online, precisamente por permitir mostrar muito em pouco tempo.”

Além disso, suas características técnicas são adequadas para uso em todos os canais digitais:

  1. Velocidade de download: Ao contrário do que acontece com outros conteúdos, a velocidade de download desses arquivos é muito rápida, uma vez que são imagens estáticas, e não um arquivo de vídeo.
  2. Peso: Graças ao seu algoritmo de compressão, GIFs animados pesam muito pouco e são fáceis de distribuir na Internet.
  3. Ativação: Não há necessidade de ativá-los manualmente, pois são exibidos de forma automática, mostrando a sequência de imagens. Não é necessário interação com os usuários para que eles vejam a história que você deseja contar.
  4. Movimento: Ao ser uma seqüência de imagens, chamam mais atenção do que conteúdo estático.
  5. Exibição: GIFs podem ser vistos de qualquer dispositivo e browser.

A capacidade de difusão de GIFs animados é muito alta graças ao fato de que esses recursos; são fáceis de compartilhar e são facilmente criados.

Portanto, mais e mais marcas estão empenhadas em incluir em suas estratégias e interessadas em usá-los não só em redes sociais, mas também em blogs e email marketing.

► Usando GIFs animados em blogs

Em geral, os conteúdos audiovisuais desempenham um papel importante na estratégia de conteúdo de qualquer blog. textos, áudios, vídeos, infográficos ou imagens, ajudam a resolver dúvidas e a reforçar a mensagem na mente do leitor.

Atualmente, a maioria dos blogs está criando conteúdos extensos, abordando os tópicos de uma forma mais profunda. Para facilitar a leitura e torná-la mais amena, é bom usar gráficos que permitem que o usuário possa fazer uma pausa e ver as informações a partir de outro ponto de vista.

“Os GIFs animados são a escolha ideal para resumir e explicar com apenas algumas imagens um conteúdo extenso.”

Eles também trazem outros benefícios à sua estratégia de blogging como:

  1. Chamam a atenção dos usuários destacando partes importantes do texto.
  2. Ajudam a conectar com o usuário de uma forma direta.
  3. Reforçam a mensagem.
  4. São fáceis de compartilhar em redes sociais.
  5. Podem melhorar sua imagem corporativa.

Esses arquivos não só podem ser usado como uma explicação do conteúdo (como é feito com os infográficos) como também pode ter outros usos ao adicionar informações em seu  blog. Por exemplo:

  1. Chamada à Ação: A CTA pode ser criada no formato de um botão, inserindo as informações sobre o que o usuário deverá fazer no blog. Uma vez que a CTA terá movimento, será mais fácil capturar a atenção do usuário e aumentar a interação com o seu blog.
  2. Banner: Seja em banners publicitários (ou tradicionais) como para promover seções dentro do blog, sua newsletter ou serviços adicionais, como também outros aspectos da sua estratégia que você deseja realçar.
  3. Slide: Se você não quiser alterar as imagens do slider do cabeçalho do seu blog ou site, você pode substituí-lo com um GIF do tamanho que você precisar. Isso fará com que a imagem pese menos e o tempo de carregamento da página seja menor.
  4. Popup: Hoje em dia, os popups são cada vez mais usados, sendo exibidos quando um usuário está saindo ou acessando uma nova página. Se você usar um GIF, além de criar um popup mais chamativo, você poderá adicionar mais informações para tentar aumentar sua taxa de conversões.

Em suma, GIFs animados são arquivos tão versáteis que você pode usar em qualquer página do seu blog, para as mais diversas finalidades.

► Usando GIFs animados em redes sociais

A maioria dos canais sociais permitem o uso de GIFs, o Facebook permite incluí-los na timeline e nas conversas do Messenger, Twitter permite anexá-los às suas publicações e no Instagram, é possível publicá-los diretamente de um dispositivo móvel.

“Para as marcas, este é um recurso muito útil para poder se destacar na linha do tempo dos seus seguidores.”

Eles podem ser usados de duas maneiras; como conteúdo de marca ou em campanhas publicitárias. Embora você não possa criar diretamente um anúncio com um GIF, você pode promover o seu conteúdo já publicado que contenha um arquivo desse tipo.

As redes sociais são o principal canal no qual os usuários difundem estes arquivos  e publicar este tipo de conteúdo é uma ótima estratégia, principalmente se você criar GIFs com um toque de humor.  Portanto, se você incluir estes arquivos em sua estratégia de mídia social, você está se comunicando com seus seguidores em sua própria linguagem.

► Usando GIFs animados em email marketing

Outro canal online que aceita o uso de GIFs animados é o email marketing. Embora não seja usado tanto como em blogs, o conteúdo textual de uma campanha de email marketing pode, em alguns casos, ser considerado longo e possivelmente entediante. Assim sendo, o uso de GIFs pode ser uma ótima alternativa para sua estratégia de email marketing.

“Muitas marcas usam imagens para destacar visualmente sua newsletter e chamar a atenção dos usuários. Com GIFs você pode alcançar este objectivo, diferenciando-se dos seus competidores.”

Bem utilizado, este formato pode ser muito versátil. Por exemplo, pode ajudar em:

  1. Mostrar diferentes características de um produto ou serviço.
  2. Destacar promoções e descontos.
  3. Explicar informações conceitualmente complexas.

Veja, por exemplo, esta campanha da Foodinthebox:

Foodinthebox

Na verdade, a imagem é realmente este GIF:

Bastante impressionante quando você abre o e-mail, você não acha?

No entanto, há um aspecto que você deve considerar se você quiser que a sua estratégia de GIFs funcione em email marketing; muitos softwares, bloqueiam automaticamente as imagens nos emails, para que pesem menos e não demorem tanto  para carregar em dispositivos móveis (e este bloqueio também irá afetar os GIFs que você enviar).

A melhor opção é a de incluir uma mensagem no texto, explicando que você está enviando conteúdo visual, tentando convencer os assinantes a desbloquear as imagens para visualizar seu GIF. Desta forma, os assinantes também poderão ver as imagens estáticas que você incluir na newsletter.

Agora, eu gostaria de dar-lhe  outras dicas específicas para trabalhar com GIFs animados em email marketing.

Dicas específicas para o uso de GIFs animados em email marketing

As imagens animadas muitas vezes causam mais impacto do que as imagens estáticas. Portanto, o uso de tais arquivos em email marketing está funcionando muito bem para diferentes marcas e empresas de todos os setores.

No entanto, há certas coisas que você deve considerar se você quiser que os usuários desfrutem de seus emails com GIFs animados:

  1. Finalidade: Como qualquer outro conteúdo que você compartilhar em suas newsletters, este deve ter um objetivo. Incluir esses arquivos somente porque estão na moda, não vai ajudar em nada (você pode até confundir os usuários). Pense bem no que fazer para complementar suas estratégias usando GIFs animados.
  2. Primeiro quadro: Muitos gestores de email podem pausar o arquivo no final da sequência e esperar que o usuário ative o GIF manualmente. Neste caso, o GIF animado irá permanecer fixo no primeiro quadro. Você deve tirar proveito desta imagem e inclui claramente a mensagem que você deseja transmitir.
  3. Texto: Lembre-se que este é um arquivo gráfico, não exagere incluindo muito texto em todos os frames.
  4. Chamada à Ação: Tire proveito de seus GIFs animados para incluir uma chamada à ação no final. O usuário já está visualizando o conteúdo, por isso você  não deve perder esse impacto.
  5. Tamanho e peso: Os emails não devem ser muito pesados e geralmente, GIFs animados são arquivos leves. Ainda assim, tente criar GIFs que não sejam muito pesado e, se necessário, remova alguns frames. Da mesma forma, certifique-se que o GIF não irá tomar mais do que a largura do texto, ou poderá não se encaixar no design do seu email.
  6. Duração: A graça destes arquivos e uma das razões para a sua popularidade é que eles são seqüências muito curtas. Não use muitas imagens para explicar o que você deseja transmitir ou use outros formatos.

Onde fazer o download de GIFs animados?

Sua principal característica é a capacidade de suportar animações em um loop infinito, mas também é uma complicação na hora de criá-los.

Você pode criar seus próprios GIFs se você tiver conhecimentos em programas como o Photoshop ou em plataformas online como Gifcam ou ezGIF, mas se você quiser algo mais rápido, você pode baixá-los da Internet.

Existem muitas plataformas onde você pode baixar esses arquivos, criados e organizados por assunto, vamos citar alguns sites a seguir.

Estas plataformas permitem o download ou que você compartilhe-os diretamente com seu site, até mesmo oferecendo o código HTML para que você possa incorporá-los em sites ou blogs.

► Giphy 

Esta base de dados foi criada em 2013 por Alex Chung com o objetivo de criar uma espécie de biblioteca de GIFs. Eles são armazenados por categorias e usam hashtags e palavras-chave para classificá-los. É uma das plataformas mais abrangentes do momento.

► Google Imagens

Se você selecionar a categoria de “imagens animadas” para fazer suas buscas no Google, você poderá encontrar GIFs separados por temáticas. Os resultados serão exibidos  como em qualquer outra pesquisa do Google.

Reddit

Reddit criou uma biblioteca de GIFs animados educacionais de qualquer assunto que possa ser útil para professores e alunos. As buscas podem ser feitas em Inglês e os textos dos GIFs também estão neste idioma.

► Wikimedia Commons

A Wikipédia coleta imagens, vídeos e GIFs animados em vários idiomas, que podem ser usados para quase qualquer coisa. Você deve primeiro verificar se não existem restrições para uso comercial nos arquivos que você desejar usar, embora geralmente, não existam restrições no uso de GIFs.

No momento esta base de dados não é extensa, mas tem temáticas muito definidas e podem ser úteis em algumas campanhas.

Conclusão

Usar GIFs animados em sua estratégia de marketing online éa evolução lógica que as marcas devem seguir para falar com seus usuários, usando sua própria linguagem.

Você deve lembrar que esses arquivos precisam ser leves e ter um objetivo claro que será refletido a partir do primeiro frame. Eu recomendo que você não abuse destas imagens, pois você poderá acabar cansando o usuário.

É melhor tratá-los como mais um elemento em sua estratégia, como as imagens estáticas, infografias, vídeos ou áudios.

Mas, acima de tudo, não tenha medo de incluí-los em todos os canais com os quais você trabalhar, seja no seu site ou na sua newsletter.

Você já usou GIFs animados em sua estratégia de email marketing? Que tipo de temática você prefere usar em suas campanhas?

Teresa Alba

Suscríbete al blog y recibe los mejores contenidos semana a semana:







Acepto la política de privacidad.



Comentários

  1. Tania

    Hola, me gustaría saber si plataformas como giphy.com te dejan utilizar los gifs en páginas de marcas, es decir, con uso comercial.

    24/07/2018 - 10:17:26 Publicar una respuesta
  2. Elisaudo

    Teresa, muito didático o seu artigo. Vai resolver o problema que tive estes dias atrás. Estava querendo enviar um vídeo pelo email e não consegui. Com o GIF resolverei meu problema.
    Obrigado

    19/02/2018 - 21:01:10 Publicar una respuesta
  3. Oscar

    Hola! Buenísimo el post. Me gustaría saber, si Outlook por ejemplo, no ejecuta GIFs animados, ¿qué se puede hacer para que estos mails sean tan atractivos como con un gif animado?

    21/08/2017 - 13:11:15 Publicar una respuesta
    • Mailrelay

      ¡Hola Óscar!El problema con Outlook es que en lugar de un GIF animado, mostrará una imagen estática, del primer fotograma del GIF animado. Por eso es importante que el primer fotograma sea atractivo y claro con el mensaje, es la mejor opción 🙂

      21/08/2017 - 13:13:04 Publicar una respuesta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title