Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Como melhorar o posicionamento web no Google sem abandonar seus usuários?

Publicado por Daniel Bocardo em 03/08/2017

Melhorar a posição do seu site no Google não é um objetivo inalcançável.

Você certamente está ciente de que trabalhar com SEO não é uma tarefa simples, razão pela qual muitos webmasters acabam perdendo mais tempo tentando posicionar suas páginas do que criando conteúdo e pensando no aspecto mais importante de sua estratégia de marketing, seus usuários!

Afinal, se você não conseguir chamar a atenção dos seus visitantes, fornecendo soluções para os problemas dos leitores, porque você iria posicionar um site no Google?

Outra questão é que,  o Google nunca irá premiar as URLs do seu site que estão sobre-otimizadas, não importa o quão eficazes sejam as técnicas de SEO que você aplicar.

O objetivo do Google é oferecer aos usuários as melhores respostas às suas perguntas, enquanto você como webmaster deseja atrair usuários para atingir certos objetivos (geralmente vender).

Por exemplo, você pode gastar o que tiver em links e ter uma arquitetura perfeita em seu site, se o conteúdo não se destinar a quem realmente acabará comprando seus produtos ou contratando seus serviços, eu lhe asseguro que você investiu em vão.

Então, hoje eu quero fazer uma reflexão sobre o fato de que, embora sempre seja preciso ter em mente o Google e outros buscadores, você nunca deve perder de vista o seu público-alvo.

Para fazer isso, vou falar de:

► Ferramentas do Google e outros indicadores para avaliar a sua estratégia de posicionamento web.

► Dicas específicas para manter o equilíbrio ao usar técnicas de SEO no conteúdo do seu site.

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

Como detectar se sua estratégia de posicionamento web no Google está deixando de lado o interesse dos visitantes?

Como sempre, devemos tentar encontrar um equilíbrio.

Sim, eu sei que você está pensando que o Google não facilita a tarefa dos webmasters com tantas atualiza em seus algoritmos. Além disso, a concorrência em seu nicho está crescendo cada vez mais rapidamente. Mas calma, porque nem tudo está tão ruim quanto parece.

O Google também nos fornece ferramentas que nos ajudam a aprender mais sobre como devemos agir para melhorar o posicionamento do conteúdo do website.

Vamos vê-las?

► Ferramentas do Google para avaliar a situação atual de um website

Além de recorrer a ajuda do suporte técnico que o Google oferece em suas diversas ferramentas, com os dados que você obtiver ao usá-las, você poderá obter muitas informações para melhorar ainda mais.

“O Google nos desafia continuamente para que possamos atualizar e seguir as últimas tendências, sempre tendo em vista melhorar a experiência do usuário e captar tráfego de qualidade.”

Para a tarefa de impulsionar SEO, seguindo uma estratégia de criação de conteúdo de qualidade, eu recomendo rever (especialmente) todas as possibilidades oferecidas por algumas ferramentas do Google como estas:

  1. Google Trends: Para começar, se você deseja otimizar a criação de conteúdos, descobrindo quais são os temas mais populares do momento em seu nicho, eu recomendo que você opte pela Trends como sua melhor aliada para criar conteúdo de qualidade. Além de prestar atenção nos interesses do seu público, você pode fazer um excelente trabalho de SEO graças às suas diversas opções de segmentação.
  2. Google AnalyticsVocê sabia que o Analytics é a ferramenta web analytics mais avançada para geração de relatórios de comportamento dos seus visitantes? Com os seus relatórios detalhados, você pode obter uma grande variedade de informações sobre seus usuários e, assim, identificar como melhorar a experiência deles. De que maneira? Basta dar uma olhada, por exemplo, nos relatórios de fluxo de tráfego, onde você poderá analisar a rota que os usuários seguem em seu website através de diferentes URLs e, assim, detectar os pontos fracos (ou de fuga).
  3. Google Search Console: Você com certeza também já conhece esta ferramenta, ou talvez você a conhece como Google Webmaster Tools. Esta é outra opção útil para identificar quais aspectos você poderia melhorar e qual conteúdo está sendo indexado. Você pode fazer bom uso do Page Speed Insights para analisar o desempenho do seu site, tanto em dispositivo móvel e PC, considerando que cada vez mais os usuários estão navegando através de dispositivos móveis.
  4. Google CorrelateTalvez você não esteja tão familiarizado com esta ferramenta. No entanto, ela também pode ser muito útil para obter conclusões sobre o estado do conteúdo web, desde analisar a relação entre termos de pesquisa e certos eventos sociais ou de momentos que estão ocorrendo hoje. Dessa forma, você poderá compreender certos picos ou quedas de tráfego de acordo com as tendências de pesquisa.

Além dessas ferramentas, é altamente recomendados usar os módulos oferecidos pelo Webmaster Academy, uma academia online que supervisiona o desenvolvimento de novos projetos), bem como muitos das extensões do Chrome, que por exemplo, nos permitem verificar como o conteúdo web será exibido em um dispositivo móvel.

Todas as melhorias e otimizações que você puder fazer no seu conteúdo, seja em nível textual, como também visual, podem ser úteis para surpreender e atrair os usuários. Se ele visitar seu site, você precisa oferecer conteúdo relevante para que ele fique nas suas páginas pelo maior tempo possível.

►  Principais indicadores de interesse

Se além de se preocupar com o posicionamento web no Google, você trabalha com outras estratégias complementares em mídias sociais ou práticas de email marketing, você terá ainda mais fontes de informação para saber em que direção você deverá concentrar seu conteúdo para contemplar a todas as partes (especialmente o seu público-alvo).

Eu decidi chamá-lo de “indicadores”, mas também são conhecidos pelos marketers como “KPIs”.

Em qualquer caso, me refiro aos elementos que nos permitem medir algum aspecto da estratégia de marketing para tomar assim as medidas cabíveis.

Pessoalmente, para não entrar em profundidade sobre este assunto, vou comentar sobre alguns dos mais representativos em relação à avaliação de interesse gerado pelo conteúdo do site:

  1. Comentário: Mesmo que o seu site não tenha um blog que receba comentários frequentes, terá diferentes serviços ou páginas de produtos que irão gerar alguma expectativa em outros canais, como redes sociais. No que se refere a SEO, esta é uma das primeiras coisas que eu gosto de avaliar para identificar se o conteúdo do website está funcionando dentro dos objetivos e quais alterações poderiam ser feitas para melhorar os resultados.
  2. Interações, ou seja, “likes”, “retuits”, e outras interações com os usuários, ao receber certos conteúdos. O que conhecemos como “engagement” é um fator que devemos considerar para satisfazer tanto o Google como os usuários.
  3. Taxa de bounce: Este índice é usado não apenas em web analytics, mas também em e-mail marketing (+ info sobre bounces), porém o significado é bem diferente, pois são emails que não são aceitos pelo servidor destino, mas isto nem sempre têm a ver com a qualidade do conteúdo. Em SEO, se esta taxa é alta, pode indicar que o conteúdo de uma página não é de interesse suficiente para o usuário, uma vez que acaba saindo do site sem interagir com ele .
  4. Tempo de permanência: Este índice não precisa ser explicado, mas é importante fazer um esclarecimento. Se uma URL tem uma alta taxa de rejeição e tempo de permanência, pode ser um indicativo  que o conteúdo é de interesse, mas as chamadas à ação não são eficazes.

Claro, existem muitos outros indicadores, como o que no e-mail marketing conhecemos como “taxa de visualizações” (que nos permite saber Qual é o grau de aceitação dos nossos assinantes ao receber uma nova campanha de e-mail marketing), mas você deve sempre fazer um acompanhamento do posicionamento do seu site para saber sua real situação.

seo

Como seguir uma estratégia de posicionamento web no Google equilibrada?

Nós já vimos algumas ferramentas e aspectos que você deve considerar para poder ter a situação sob controle. Não importa o quão bem você está fazendo as coisas, continuar a fazer melhorias e otimizar o seu conteúdo nunca será de mais.

Para encontrar o equilíbrio que explicamos anteriormente, vamos deixar uma lista de dicas para ajudá-lo a pensar sobre SEO e também em seus leitores.

►  Definir o público-alvo

Talvez eu não seja a melhor pessoa para falar sobre isto, afinal eu ganho dinheiro oferecendo serviços de otimização de websites para SEO, mas é mais importante pensar no que os seus  leitores ou potenciais clientes querem encontrar no seu site, do que pensar em como satisfazer os requisitos de palavras-chave do Google e outros buscadores.

O problema, é que se você começar a escrever pensando apenas nas palavras-chave que que você quer posicionar, você perderá a naturalidade e o foco no que você realmente deseja, que é conseguir novos clientes para o seu negócio.

Isso parece bastante óbvio, mas esquecer do cliente ideal é um erro que muitos webmasters cometem. Por exemplo, se o site que você está criando oferece cursos de formação para empresas, não faz sentido que você comece a oferecer informações para freelancers ou profissionais autônomos (mesmo que você encontre palavras-chave muito relevantes para este setor).

► Análise de palavra-chave

A análise de palavras-chave ou keyword research não pode faltar em qualquer estratégia de posicionamento web no Google, mas não deve ser seu único foco; É um recurso para identificar os interesses de seu público e otimizar seus textos, dentro do possível.

Eu não falei sobre isto nas ferramentas mencionadas no início deste post, mas eu quero lembrá-lo que para fazer esse tipo de análise, o método mais confiável é usar o planificador de palavra-chave do Google Adwords (embora gradualmente este sistema está dificultando as coisas para os usuários do “modo gratuito”)

►  Planejamento Estratégico

Todas as atividades de marketing devem ser planejadas, e qualquer tarefas realizadas para posicionar seu conteúdo SEO também.

Implemente botões para chamadas à ação que incentivem comentários, compartilhamentos em redes sociais e interações com seu site. Criar engagement com os visitantes é também um sinal claro de preocupação com o usuário, algo  que o Google irá ver positivamente.

► Densidade de palavra-chave

Este aspecto, juntamente com a escolha do tema, o tom da comunicação, e as palavras-chave relacionadas, é um dos pontos mais importantes.

Em termos percentuais, há aqueles que afirmam que não existe um padrão, mas pessoalmente eu não gosto de usar o mesmo termo com uma densidade maior do que 2%.

Pense que, se falamos de um artigo de 1.000 palavras, usar a mesma palavra-chave mais de 20 vezes  em todo o conteúdo (no título, imagens, meta tags, body e primeiro e último parágrafo).

Seria exagero. Para poder melhorar o conteúdo, seria aconselhável a utilização de palavras-chave relacionadas ou termos semânticos.

► Comprimento  dos textos

Hoje em dia, a tendência clara observada é escrever artigos mais longos, com  mais de mil ou mesmo dois mil palavras (aqui o meu post como exemplo).

Isto é feito porque, com um com extenso, estamos dando uma resposta mais detalhada sobre um determinado tópico, algo que o Google considera muito positivo.

Isso não significa que textos curtos não podem ser usados em uma estratégia de posicionamento de um site no Google. O primeiro passo, é revisar as estratégias da sua concorrência no setor para um determinado termo de busca, bem como outros fatores que determinam a qualidade de um conteúdo.

► Legibilidade

Lembre-se que tudo é informação ou termos de busca no mundo do SEO. A criação de parágrafos de texto demasiado longos ou complicados, é algo que não seria recomendável, pois não é atraente e dificulta a leitura, por isso você também deve considerar este fator ao escrever seus textos.

Dito isto, o que você acha do  o indicador de legibilidade do plugin SEO by Yoast? Você usa este plugin para avaliar a qualidade de seus textos? Você pode vê-lo aqui.

► Links

Seja para usar técnicas de link juice nas URLs internas do site, ou para trabalhar com link building em páginas de websites de terceiros, incluir links é uma pedra angular de uma estratégia de posicionamento web.

Pense que os links são responsáveis pela transmissão de autoridade de uma URL para outra, e não aproveitar esse potencial, é desperdiçar um aspecto muito importante de sua estratégia de SEO. No entanto, não se esqueça que incluir links é algo que deve ser feito de forma natural, sempre pensando que o conteúdo para onde você irá redirecionar o usuário realmente irá fornecer algum valor adicional.

► Revisões e atualizações

Finalmente, quero terminar este artigo lembrando a importância de escrever textos com o menor número possível de erros ortográficos ou gramaticais.

Escrever corretamente e de forma clara, é um dos pontos mais básicos para transmitir uma imagem de profissionalismo e, acima de tudo, inspirar um sentimento de confiança.

Outra questão a ser revisada é com que frequência você publica e atualiza os conteúdos do seu site. Obviamente, quanto maior a frequência de publicação, maior será o volume de visitas. Mas não se trata de publicar por publicar, e sim em manter o conteúdo sempre atualizado, equilibrado e, acima de tudo, com qualidade.

Quais outros indicadores você usa para detectar se o conteúdo do seu site foi criado corretamente?

Daniel Bocardo


El motivo principal por el que no vendes con tus emails es porque acaban en SPAM. Eso tiene solución, está en este ebook, lo puedes descargar registrándote, abajo







Acepto la política de privacidad.



Comentários

  1. Federico Salomon

    Estimado Daniel:
    Gusto en saludarte.
    Excelente artículo,ya que las explicaciones son sencillas y claras.
    Mil gracias por compartir esta información tan valiosa,saludos

    29/11/2017 - 00:58:20 Publicar una respuesta
  2. Diego

    Daniel, un artículo muy bueno y sobre todo, muy útil. Enhorabuena compañero!

    10/11/2017 - 00:20:30 Publicar una respuesta
  3. Nidia

    Hola Daniel!
    Muy bueno tu artículo, sobre todo para personas como yo, que estamos empezando en este tema y no conocemos tanto las herramientas, estrategias y demás.

    08/09/2017 - 05:22:49 Publicar una respuesta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title