Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Email marketing: Gmail VS Mailrelay

Publicado por The Social Media Family em 15/11/2017

envios masivos de email

De acordo com os dados extraídos do relatório “As ferramentas de Marketing e vendas e o uso de CRM em empresas espanholas em 2016″, preparado pelo comparador de software na Espanha e na América Latina SoftDoit, 77% das empresas espanholas usam campanhas de email marketing como uma ferramenta para atrair clientes, incluindo o uso das redes sociais.

Este e outros estudos demonstram a importância do email marketing como pedra angular de uma estratégia de marketing digital de sucesso, uma vez que nos ajudará a atrair novos clientes, aumentar nossas vendas e criar engajamento com nossos consumidores.

No mercado temos dezenas de opções, algumas muito boas, que nos permitirão enviar newsletters para nossa base de dados. Algumas destas ferramentas são pagas, mas existem opções gratuitas, que podem nos ajudar a começar. Assim sendo, você precisa decidir qual caminho você deseja seguir e para fazer isto, você terá que responder a algumas perguntas:

  1. Quanto dinheiro você pode gastar com email marketing?
  2. Vale a pena “economizar” dinheiro, optando por uma ferramenta gratuita?
  3. Ou, no final, o barato sai caro?

Neste post vamos tentar ajudá-lo com esta decisão e para fazer isto, vamos dar-lhe duas opções muito diferentes. Primeiro, como enviar mala direta com o Gmail, um webmail conhecido por todos e gratuito, o que significa que você não precisará gastar nenhum centavo. No entanto, também vamos falar sobre as limitações e desvantagens desta opção, e como alternativa, ensinaremos você a criar a mesma campanha com a Mailrelay.


¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

Testando o Gmail para emails em massa

Como criar uma campanha de mala direta com o Gmail?

No início de 2016, o Google revelou que seu serviço de e-mail, Gmail, tinha mais de um bilhão de usuários ativos por mês.

Portanto, mesmo se você é uma daquelas pessoas que não usam este webmail no seu dia a dia, com certeza você já ouviu falar sobre este sistema. Entre os seus recursos, o Gmail oferece a opção de enviar uma mala direta manualmente, uma opção que você pode usar sem conhecimentos avançados. No entanto, este sistema tem certas limitações que você deverá ter em mente antes de começar a trabalhar com ele.

Antes de falar sobre estas limitações, vamos explicar-lhe como criar uma campanha de mala direta usando o Gmail:

  1. Faça login na sua conta do Gmail.
  2. Clique no botão “Escrever e-mail” para criar um novo email.
  3. Clique em “Para” eo Gmail irá abrir um campo onde você poderá adicionar os contatos que irão receber sua mensagem. É aqui que você poderá escolher para quem você deseja enviar o email, selecionando os endereços no menu suspenso, você pode escolher “Todos os contatos ” e clicar em “Selecionar tudo” para marcar todosautomaticamente.
  4. Depois que os contatos que receberão o email forem selecionados, você pode escrever a mensagem como qualquer outra, isto é, adicionar um assunto, o conteúdo, anexos, se desejar, etc., e enviá-lo.

envíos masivos gmail

Como você viu, enviar emails em massa com o Gmail é realmente simples e qualquer um poderia fazer isto em poucos minutos.

No entanto, como já explicamos, este serviço tem algumas limitações que irá prejudicar sua estratégia se você não as levar em conta.

5 motivos para não usar o Gmail para enviar e-mails em massa

E-mail marketing é uma ferramenta muito poderosa para se ter em conta nas estratégias de marketing das empresas, como vimos no relatório da SoftDoit.

Portanto, é muito difícil que uma ferramenta gratuita como o Gmail possa atender às suas necessidades.

As razões que descrevemos abaixo têm um motivo comum: A luta ferrenha e incessante do Google contra spammers.

A empresa não quer que nenhum usuário receba mensagens indesejadas, então eles criaram uma ferramenta que pode ser usada para emails pessoais, mas que não permite o uso do sistema para mensagens comerciais em massa, por vários motivos:

  1. Limitação de envio
    Primeiro de tudo, você deve estar ciente de que o Gmail é um serviço webmail, ou seja, é criado e projetado para enviar e-mails entre usuários para utilização “pessoal”. Além disso, um usuário “somente” pode enviar 500 mensagens por dia da sua conta, ou, o que é a mesma coisa, a mesma mensagem para 500 endereços diferentes. Você precisará levar esta limitação em conta para programar suas mensagens, pois o Gmail permitirá que você envie e-mails novamente apenas 24 horas após gastar seu limite. Isto é, se você enviar 500 e-mails na segunda-feira às 18h, até terça-feira, as 18: 00h você não poderá usar o Gmail.
  2. Baixa entregabilidade
    Após enviar a campanha, você terá que se familiarizar com os termos “open rate” (taxa de visualizações) e ” “CTOR (click to open rates), que seria, em outras palavras, a porcentagem de usuários que clicaram na CTA dentro do e-mail. No entanto, para conseguir obter esses números, você precisará “advinhar” se o usuário recebeu ou não sua mensagem. Um dos maiores problemas em enviar emails comerciais com o Gmail é que seu e-mail, às vezes, nem chegará na caixa de entrada. Estima-se que, se o limite de mensagens por dia for de 500 emails, apenas metade tem probabilidades reais de receber sua newsletter.
  3. Personalização da mensagem
    Idealmente, você deve enviar mensagens mais personalizadas, adicionando pelo menos o nome da pessoa que receberá seu email. O problema é que o Gmail não oferece a possibilidade de nenhuma personalização, então seu e-mail será igual para todos os usuários. Para contornar este problema, você pode usar a extensão “Yet Another Mail Merge”. Com esta ferramenta, você pode conectar uma planilha com o Gmail, onde você pode personalizar alguns campos, em função das células do arquivo (por exemplo, nome, sobrenome, produtos, empresas, etc.). A desvantagem é que a versão gratuita permite trabalhar com até 50 contatos.
  4. Estatísticas e rastreamentoVocê se lembra que falamos sobre as métricas Open Rate e CTOR? Bem, lamento dar-lhe más notícias, mas usando o Gmail você não terá estas informações. Por que? Pela simples razão de que, ao contrário de outras plataformas profissionais de email marketing, o Google não fornecerá os relatórios sobre sua campanha. Como medir a eficácia da sua mensagem? Infelizmente, se você usar o Gmail não será possível fazer isto, portanto, você nunca saberá se seu trabalho valeu a pena ou não.
  5. Cancelamentos e bounce rates
    Manter sua base de dados limpa é essencial. No entanto, o Gmail não oferece nenhum sistema automático para gerenciar as solicitações de cancelamento e os endereços de e-mails inválidos. Portanto, se você não gerenciar todos estes e-mails manualmente, atualizando sua lista sempre que um e-mail for devolvido ou quando um assinante solicitar remoção da sua lista de emails, você continuará enviando para estes contatos, o que será terrível para sua reputação e sua imagem de marca.

email masivo

Alternativa: Testando a Mailrelay para trabalhar com email marketing

Vantagens competitivas sobre o Gmail

O Gmail ainda é usado por muitas pessoas para enviar email marketing, porém como vimos até agora, esta opção tem algumas limitações e problemas que podem dar-lhe muita dor de cabeça, principalmente à longo prazo, conforme sua lista de emails crescer.

E se você investir em uma ferramenta projetada precisamente para enviar email marketing?

Para começar, você só precisará se registrar na plataforma com seu nome e endereço de e-mail.

Depois de criar sua conta (você receberá uma URL de acesso, um nome de usuário e uma senha), você poderá entrar e descobrir mais sobre as opções avançadas disponíveis na Mailrelay. Como você pode ver na imagem a seguir, a primeira coisa que você verá é um painel com o relatório com suas estatísticas.

Mailrelay

Estamos enfatizamos a ferramenta de geração de estatísticas porque este é um diferencial que o Gmail não pode oferecer-lhe e que a Mailrelay, como um software para email marketing profissional oferece para suas newsletters.

Qualquer ação, não apenas de e-mail, mas de marketing e publicidade na Internet, deve ser mensurável, para que você possa saber se o que você está fazendo está funcionando, ou se você deveria alterar sua estratégia. Assim sendo, no seu painel online, você encontrará a seção “Estatísticas“, que é dividida em três submenus, “Estatísticas Gerais“, “Comparar Estatísticas ” e “Estatísticas de pacote“.

O primeiro passo, antes de poder revisar as estatísticas das suas campanhas, será criar sua newsletter e enviá-la para sua lista de emails. Um software de email marketing como a Mailrelay oferece muitas opções de personalização, que você não poderia implementar em um cliente de email pessoal como o Gmail.

Antes de começar, por favor tenha em conta que você precisa ser criativo e não precisa incluir apenas texto em seus emails.

Que tal usar um dos modelos disponíveis no seu software de email marketing?

Crie uma mensagem com cores impactantes, textos atraentes, subtítulos, imagens, ícones, para despertar o interesse dos leitores.

E sobre o gerenciamento dos assinantes?

A Mailrelay classificará sua lista de emails de acordo com o status de cada contato:

  1. Assinantes que estão ativos (eles receberão seus emails sem problemas)
  2. Inativos (eles se inscreveram, mas não confirmaram a assinatura)
  3. Devolvidos
  4. Assinantes que solicitaram para se descadastrar da sua newsletter
  5. Ou excluídos (aqueles que você removeu da lista)

Caso você queira importar sua base de dados já criada, você terá várias opções para fazer isso no menu Importar.

Estas são apenas algumas das vantagens que a Mailrelay lhe oferecerá, quando comparado a um um serviço como o Gmail, mas ainda há muito mais:

  1. Você poderá anexar arquivos aos seus e-mails
  2. Enviar versões de teste para verificar se tudo está funcionando corretamente
  3. Criar autoresponders automáticos
  4. Além de opções avançadas, como a criação de testes A/B
  5. Descobrir qual campanha funciona melhor para suas listas de emails

Além disso, se você está contratando uma ferramenta para enviar suas campanhas de email marketing, recomendamos pedir suporte técnico.

Certifique-se de que eles o ajudarão com as informações necessárias para configurar seu domínio de remetente, para que você não tenha problemas de entrega no futuro.

Se você trabalhar com a Mailrelay, você poderá obter suporte rapidamente, usando o sistema de atendimento via tickets, com um tempo médio de resposta inicial de minutos, ou ainda melhor, usar o chat online que está disponível dentro do seu dashboard. Para fazer isto, basta clicar no botão “Atendimento online” no canto inferior direito e preencher seu nome e e-mail para iniciar a conversa).

Dicas ao criar uma campanha de email marketing

Infelizmente, não há fórmula mágica para alcançar o sucesso em suas ao enviar uma newsletter. No entanto, ferramentas como a Mailrelay ajudarão você a evitar ser considerado um spammer.

No entanto, a taxa de entrega e os resultados dependerão principalmente da sua originalidade, criatividade e boa harmonia com os usuários da sua base de dados. No entanto, gostaria de dar-lhe outras dicas:

  1. Atualize sempre sua base de dados. Você não deve enviar para e-mails inválidos, ou pior, para assinantes que não querem mais receber suas newsletters.
  2. Inclua sempre a possibilidade de cancelar a assinatura. Para facilitar o gerenciamento da sua base de dados, é indispensável que se seus usuários não quiserem receber mais seus e-mails, eles possam (facilmente) solicitar para ser removido da sua lista de emails. Isto também irá ajudar você a trabalhar apenas com contatos engajados.
  3. Adicione links para seus perfis nas redes sociais. Isto é fundamental para imagem de marca, mas também para criar um relacionamento duradouro com os seus assinantes.
  4. Conteúdo relevante. Trabalhar com email marketing não significa que você pode enviar qualquer coisa. Cuide do conteúdo, torne-o interativo, incluindo fotografias, vídeos ou infográficos para torná-lo mais interessante para seus assinantes.
  5. Preste atenção no tom da sua mensagem. Ela deve ser direta, mas não precisa necessariamente ser formal. Você deve usar a linguagem apropriada para seu público-alvo, pois quanto mais humana for sua mensagem, mais impacto suas campanhas terão. Para determinar o conteúdo apropriado para seus assinantes, será preciso conhecê-los, estudando algumas variáveis, como sexo, idade ou profissão, pois estas informações irão indicar-lhe o que eles gostariam de receber.
  6. Analise o resultado de todas as suas ações. Revisar as estatísticas e o impacto das suas campanhas é fundamental para ajustar sua estratégia de marketing digital.

The Social Media Family


El motivo principal por el que no vendes con tus emails es porque acaban en SPAM. Eso tiene solución, está en este ebook, lo puedes descargar registrándote, abajo







Acepto la política de privacidad.



Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title