Lista de assinantes: o que é e como cuidar dela

Publicado por Max Camuñas em 04/01/2018

lista de suscriptores

Quando nos referimos a quais são os elementos necessários para o planejamento e implementação de uma estratégia de email marketing, costumamos mencionar alguns como: O email marketing software, os formulários de inscrição, autoresponders e os assinantes.

Neste post, vamos falar precisamente sobre este último ponto, explicando o que é uma lista de assinantes, como gerenciá-la corretamente e como aumentar sua lista de emails de forma correta e natural.

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

·  O que é uma lista de assinantes?

Uma lista de assinantes é a soma de todos os usuários que se cadastraram no seu site, seja ele um blog, um ecommerce ou uma página corporativa.

As listas de assinantes armazenam todos os dados desses usuários, tais como nomes, sobrenomes, e-mails, aniversários, bem como outras informações relacionadas, assim como também suas preferências de assinatura. Os dados mais comuns geralmente são o nome e o email.

Todos esses dados são armazenados em seu email marketing software e você poderá gerenciá-los de acordo com suas necessidades: agrupá-los, modificá-los, exportá-los, movê-los, etc.

Eu explico sobre isto com mais detalhes na próxima seção.

· Como configurar a Mailrelay para organizar seus assinantes

Para adicionar assinantes à sua lista, você tem várias opções.

Se preferir, você pode importar seus contatos com as ferramentas que você poderá encontrar em um email marketing software como a  Mailrelay (colar os emails, fazer o upload de um arquivo, ou usar um sistema de importação avançada para adicionar arquivos com mais campos). Além disso, você poderá obter assinantes através dos formulários que você inserir em diferentes lugares no seu site.

Depois de importar seus assinantes para a Mailrelay e começar a capturar os dados dos usuários do seu site, usando nosso email marketing software, você poderá criar e gerenciar diferentes grupos de assinantes.

Nesse sentido, meu conselho é criar vários grupos com base em variáveis diferentes: canal a partir do qual eles foram coletados, interesses, preferências de assinatura ou ações que você precisa implementar em sua estratégia.

Para criar um novo grupo de assinantes, você deverá seguir estas etapas.

1.- Na seção Grupos de Assinantes do painel da Mailrelay, você deve clicar em criar.

2.- Em seguida, você deve completar as seguintes informações:

  1. Posição, para listar seus grupos (será útil se você tiver muitos grupos, como é o meu caso).
  2. Nome do grupo.
  3. Descrição (um breve resumo sobre o grupo).
  4. Ativo (para que o grupo permaneça ativo depois de ter sido criado).
  5. Visível (é importante marcar esta opção para poder usar outras funções complementares, como, por exemplo, a criação de autoresponders).

lista de suscriptores

Esta é uma captura de tela do meu painel da Mailrelay, onde você pode ver que eu tenho minha lista de emails bem segmentada em diferentes grupos.

Quanto à organização da sua lista de assinantes, você pode executar diferentes ações: criar novos grupos, modificá-los, excluí-los, mover assinantes de um grupo para outro e atribuir uma descrição.

· Como a Mailrelay classifica os assinantes

Quando se trata de organizar os usuários da sua lista de emails, a Mailrelay permite que você categorize seus contatos de acordo com seu status:

  1. Ativos. São os usuários ativos de sua lista de emails, os que já confirmaram a assinatura para receber sua newsletter corretamente. Para estes emails, você poderá enviar suas campanhas de email marketing sem qualquer problema.
  2. Inativo. Os usuários que não confirmaram a assinatura e, portanto, não estão ativos (estão em stand by). Você pode reenviar o email de confirmação de assinatura para estes contatos neste mesmo menu.
  3. Devolvidos. Este grupo mostra todos os e-mails que foram devolvidos pelos servidores de destino, bem como o motivo. Se o motivo indicado for N/A, significa que o motivo não está disponível, pois é um bounce da base de dados geral do email marketing software.
  4. Lista negra. É a categoria que você deve usar sempre que quiser adicionar os endereços de emails que você deseja bloquear. Ou seja, sempre que desejar impedir que um email receba suas newsletters, você pode adicionar este assinante nesta lista. Para adicionar um usuário nessa lista, você precisará editá-lo manualmente.
  5. Cancelamentos. Aqui, você verá os usuários que cancelaram a inscrição em sua newsletter, usando o link de cancelamento disponível nas campanhas. Lembre-se que você sempre deve incluir uma opção de cancelamento em suas newsletter, para evitar problemas de spam.
  6. Excluídos. Nesta categoria, você verá todos os contatos que você excluiu manualmente de seus outros grupos de assinantes.
  7. Todos. Neste menu, será exibida uma lista com todos os assinantes da sua conta, sem importar qual é a sua categoria. Este é o menu que você deverá usar para buscar um assinante na plataforma, se não souber seu status atual.

Lembre-se de que você pode mover e modificar seus assinantes sempre que você precisar. Para fazer isso, você só precisa modificar o usuário que deseja alterar. No entanto, dependendo do status do assinante, poderá não ser possível movê-lo para a lista de ativos.

filtrar por engagement

· Dicas para gerenciar a sua lista de assinantes

Para ajudá-lo, vou mencionar uma série de dicas e recomendações para que você aprenda a cuidar corretamente da sua lista de emails:

  1. Uma das primeiras recomendações é enviar sempre conteúdo relevante para os seus assinantes. Para ser honesto, este conselho é um pouco subjetivo. Eu recomendo que você se coloque no lugar dos seus assinantes para analisar o tipo de conteúdo que você gostaria de receber como usuário.
  2. Outra dica é segmentar sua lista de assinantes. Para fazer isto, como mencionei acima, recomendo a criação de vários grupos baseados em interesses diferentes. Por exemplo, imagine o blog de um fotógrafo que publica artigos sobre dicas para criar fotografias profissionais, mas que escreve também sobre câmeras, equipamentos e acessórios. Neste exemplo, eu criaria dois grupos diferentes: um para pessoas que desejam aprender a tirar fotos e outro para quem tem mais interesse em recursos tecnológicos. Desta forma, quando o autor do blog publica conteúdo em uma das seções, o artigo será enviado para aqueles que mostraram interesse neste tópico, excluindo o grupo oposto.
  3. Personalize suas campanhas ao máximo, para não parecer um robô. Ou seja, você deve cuidar dos detalhes, como iniciar o e-mail cumprimentando o usuário pelo nome, enviando em um horário conveniente para seus leitores, (4 horas da manhã não é um bom momento) e cuide do design (fontes, logotipos, cores, links e layout).
  4. Ofereça uma maneira fácil para cancelar a assinatura. Sim. Mesmo que pareça contraproducente, permitir o cancelamento de forma fácil também é cuidar da sua lista de assinantes. Por um lado, aqueles que permanecerem inscritos confiarão em você, porque eles sabem que você é transparente e você permitirá o cancelamento sempre que for solicitado. E, por outro lado, aqueles que desejarem deixar de receber seus emails não vão denunciar sua mensagem como spam.

Espero que todas essas recomendações tenham sido úteis, para que você possa aumentar sua lista de assinantes de forma saudável.

Lembre-se: Sua lista de assinantes é o patrimônio digital mais importante da sua marca.

Inscreva-se na newsletter da Mailrelay:

Não vamos oferecer-lhe o típico PDF ou ebook que você nunca irá ler (você sabe que isto é verdade). Prometemos enviar-lhe conteúdo de qualidade periodicamente, com informações úteis para ajudá-lo em sua estratégia de email marketing.

Também não vamos encher sua caixa de entrada com emails de venda, só vamos enviar-lhe artigos e dicas relevantes para seu negócio.

Comentários

  1. Marina Brocca

    Añadiría un requisito más a los nombrados con los que coincido plenamente, legalizar y legitimar la estrategia, empezando con informar de forma clara y transparente, recabando el consentimiento y gestionando la información de suscriptores conforme las regulaciones en materia de protección de datos. Creo que es un requisito fundamental si se pretende cuidar la lista de suscriptores, garantizar derechos y ser respetuosos con la información que nos confían y mas con la entrada en vigor del RGPD que hará mucho más visibles estos aspectos al usuario, a nadie le interesa que nos indentifiquen como infractores.
    Gracias por el post, ¡enhorabuena!

    10/01/2018 - 19:56:12 Publicar una respuesta
  2. Manuel

    No cabe duda de que hay que cuidar mucho la lista de suscriptores. ¡Buen post!

    05/01/2018 - 12:06:21 Publicar una respuesta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title