Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Guia Essencial do Google Analytics

Publicado por Daniel Bocardo em 01/02/2018

guía google analytics

Hoje, no mundo do marketing on-line, podemos realizar muitos tipos de ações para gerar mais vendas, receita, engajamento e criar consciência de marca. Mas, se não pudermos medir os resultados ações, como podemos saber se o que estamos fazendo está funcionando?

Ao contrário do Marketing tradicional ou Marketing Offline, no marketing Digital podemos medir quase tudo, e uma das ferramentas mais indispensáveis no panorama de análise de Websites, é como quase todo mundo sabe, o Google Analytics.

Portanto, devemos nos preparar para conhecer melhor todas as opções desta ferramenta e tirar o máximo proveito dela.

E por isso estamos aqui hoje. Fique comigo e deixe-me mostrar-lhe os principais recursos do Google Analytics e como usá-los.

Vamos começar.

Nota-1: Eu assumirei que você implementou o código UTM do Analytics no seu site e você já está coletando dados.

Nota-2: Antes de entrar neste mundo maravilhoso, quero esclarecer que não vamos ver todas as funcionalidades do Google Analytics, mas vamos estudar as opções que, para mim, são as mais relevantes.

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

· Em tempo Real

Embora eu reconheça que em muitos casos é uma perda de tempo, eu pessoalmente adoro essa ferramenta do Google Analytics.

Ela irá exibir uma tela com o tráfego em tempo real do nosso site ou blog. Podemos ver o total de usuários e como eles chegaram na página (orgânico, direto, email, social, referencial etc.), mostrando a URL onde estão e o dispositivo de onde os usuários estão conectados (celular, tablet ou desktop).

Se você definiu “objetivos” anteriormente, você também poderá vê-los em tempo real.

Como mencionei no início deste post, a ferramenta que mostra informações em tempo real é considerada irrelevante por alguns webmasters, já que você poderia gastar preciosos minutos assistindo seu tráfego web sem qualquer necessidade.

Eu recomendo que você use esta opção somente quando necessário. Isto é, quando você enviar uma newsletter e quiser ver como seus assinantes estão se comportando, quando você criou campanhas nas redes sociais (orgânica ou anúncios pagos) ou casos semelhantes.

tiempo real google analytics

· Audiência

Nesta seção do GA, podemos medir o tráfego global do domínio. Aspectos como usuários ativos (não confundir com usuários em tempo real), dados demográficos, interesses, tipos de dispositivos e outros aspectos. Tenha em mente que neste menu, só podemos observar dados retroativos.

►  Visão Geral

guia google analytics

► Usuários ativos-

Como mencionei antes, esta seção do Analytics não deve ser confundida com os usuários em tempo real.

Aqui podemos ver o quão “fiéis” são os usuários do nosso website ou blog.

Nós temos vários segmentos:

guia google analytics

  1. Usuários ativos em um dia: em resumo, este dado mostra o número médio de usuários únicos por dias.
  2. Usuários ativos em 7 dias: O número de usuários recorrentes médios que o site recebe por semana.
  3. Usuários ativos por 14 dias: como no caso anterior, podemos ver o número médio de usuários recorrentes durante os últimos 14 dias.
  4. Usuários ativos por um mês: esse é o valor mais alto e indica a real “fidelidade” de nossos usuários. Este dado médio irá mostrar o nível de engajamento real dos seus visitantes.

► Dados Demográficos

Neste menu, podemos obter dados sobre a idade e o gênero dos nossos usuários.

Isso pode nos ajudar a desenvolver nosso buyer persona e até mesmo verificar se estamos agindo corretamente em relação a como mostramos nossos serviços, produtos ou conteúdo informativo.

guía google analytics

► Interesses

Nesta ferramenta do Google Analytics, podemos continuar estudando nosso buyer persona, entendendo seu comportamento, já que teremos dados como os interesses dos usuários. Todas estas informações são geradas através de cookies.

guía google analytics

Não se preocupe com o fato de que as informações estão em inglês. As explicações são bem simples de traduzir e intuitivas.

Precisamos também entender o post-buyer (o post-buyer é a renovação ou a evolução do buyer persona). Usando esta ferramenta, podemos obter dados muito específicos que nos ajudarão a desenvolvê-lo de uma forma muito eficaz.

Quando estamos analisando o buyer (depois de entender o comportamento do buyer persona e criar estratégias para alcançá-lo), podemos verificar se estamos obtendo os resultados adequados, ou se precisaremos repensar a situação.

► Informações Geográficas

Uma ferramenta muito poderosa que nos ajudará a entender a localização geográfica dos visitantes para ver onde no mundo nossos produtos, serviços e conteúdos estão atraindo usuários.

información geográfica analytics

Podemos acreditar que estamos alvejando o mercado certo e que nosso conteúdo, serviços ou produtos estão sendo direcionados para as regiões certas, mas esta ferramenta nos ajudará a entender se os visitantes que estão acessando nossas páginas estão localizados nas regiões que queremos alcançar.

Tanto em termos de idioma quanto em termos de localização, podemos analisar dados de países e até cidades. Também podemos ver percentagens de tráfego, comportamento dos usuários (taxa de rejeição, tempo de permanência na página, páginas por sessão, etc.) além de muitas outras informações.

► Dispositivos Móveis

Você precisa saber se os usuários está visitando seu site ou blog através de dispositivos móveis? Em caso afirmativo, esta é a funcionalidade do Google Analytics que ajudará você a encontrar esta informação.

Nesta seção, podemos verificar qual porcentagem de tráfego está sendo gerada através de desktops, tablet e celular.

Mas não é só isso. Podemos verificar o comportamento dos usuários em diferentes dispositivos com dados como a taxa de rejeição, tempo na página e o número de páginas por sessão.

dispositivos móviles

Se você encontrar dados negativos como uma taxa de rejeição alta, tempo na página baixo ou um número de páginas por sessão baixo, você precisará revisar seu site, pois provavelmente seus usuários estão enfrentando problemas de navegação através de dispositivos móveis.

· Aquisição

Essa parte da ferramenta do Google Analytics para mim é vital, já que me ajuda a analisar o tráfego do website dos meus clientes por canais.

Estes são os diferentes canais, pelo menos os mais comuns, que podemos encontrar em Aquisição:

  1. Direto: Esta opção irá exibir o tráfego dos usuários que digitaram o endereço do seu website manualmente para acessá-lo ou salvaram seu site na lista de páginas favoritas. Tenha em mente que você também pode ver visitantes neste canal que chegaram no site ao clicar em uma URL sem nenhuma tag de tracking, como por exemplo quando você incluiu o link em uma campanha de email marketing sem inserir a tag de tracking do Analytics.
  2. Orgânico: é todo o tráfego proveniente de buscadores. Tenha cuidado para não confundir tráfego pago em busca com tráfego orgânico. Nota: Infelizmente, o Google Analytics, por razões de privacidade, na maioria das vezes não mostra a palavra-chave que originou o tráfego orgânico, e rotula como “not provided”.
  3. Social: Aqui podemos ver o tráfego originado nas redes sociais. É necessário conhecer esses dados para verificar o engajamento dos usuários com a marca em diferentes plataformas sociais, como Facebook, Linkedin, Twitter e outros.
  4. E-mail: tráfego de campanhas de email marketing.  Nota: Para conseguir este dado, você precisará adicionar as tags de tracking do Google Analytics em todos os links incluídos na campanha.
  5. Paid ou tráfego pago: seja para campanhas na rede de busca ou campanhas na Rede de Display do Google, todo o tráfego proveniente deste canal será considerado como tráfego pago.
  6. Referencial: quando alguém inclue nossas URLs em outros sites, não recebemos apenas autoridade orgânica que nos ajuda a ter mais chances de ranquear melhor nosso site, mas também nos traz tráfego. Isto é o que chamamos de “tráfego referencial”.
  7. Other: esta categoria pode ser usada como referência, mas não nos trará dados concreto sobre a origem do tráfego. Ou seja, todo o tráfego que não foi gerado através dos canais explicados acima será classificado como “other” ou outro.

canales google analytics

Além desses dados, podemos verificar outras informações na página de aquisição, tais como:

  1. Adwords: teremos todas as métricas das nossas campanhas do Google Adwords (desde que tenhamos vinculado o google analytics com a conta do Google AdWords). Campanhas e palavras chave. Consulta de pesquisa e retorno do investimento, entre muitas outras métricas ou KPIs.
  2. Search Console: uma maneira simples de coletar mais informações sobre utilização de keywords é vinculando nossa conta do GA com o Search console.  Desta forma, podemos obter mais dados sobre os termos de pesquisa que estão gerando mais tráfego para o nosso site.
  3. Mais algumas métricas.

· Comportamento

Se com o relatório Visão geral do público-alvo podemos encontrar dados sobre o comportamento do usuário, com a ferramenta “Behavior”, vamos ver muito mais dados, com informações bem estruturadas e com mais qualidade e complexidade.

► Fluxo de comportamento

Como o nome indica, neste relatório podemos ver o fluxo de nossos usuários em relação aos funis de URLs que eles mesmos estão criando.

flujo de usuarios google analytics

Imagine um e-commerce com uma home, categoria principal, subcategoria e produto.

Nesse caso, poderíamos ver, por exemplo, quantos usuários que acessaram a home visitaram a categoria. Quantos entre estes usuários deixaram a categoria para acessar a subcategoria. Entre estes usuários, quantos acessaram a página do produto.

Isso é muito útil quando queremos descobrir eventuais falhas no funil de conversão. Com esta informação, poderemos ajustar o processo e medir os resultados de cada alteração. Se os usuários estão acessando a home page, mas não estão visitando as outras páginas, algo está errado. Identificar o problema será vital para resolvê-lo e melhorar sua taxa de conversão.

► Conteúdo do site

Esta opção é especialmente útil para blogueiros, já que podemos descobrir quais conteúdos ou URLs do nosso blog estão obtendo melhores resultados.

Mas não só no volume de tráfego, mas também no comportamento dos usuários. Ou seja, tempo médio na página, taxa de rejeição, número de entradas, porcentagem de usuários que deixaram a página.

contenido del sitio

► Tempo de carregamento da página

WPO ou Web Performance Optimization é um fator de SEO e UX cada vez mais importante. Portanto, saber quanto tempo seu site demora para carregar é fundamental para descobrir se você precisará melhorar o desempenho da página.

wpo analytics

Dados como o tempo médio de carregamento do website, o tempo médio de carregamento de redirecionamentos, o tempo médio de conexão do servidor ou o tempo médio de resposta do servidor, entre outros, nos darão informações valiosas para nos ajudar a tomar decisões coerentes em relação à WPO do nosso website ou blog.

· Conversões

Vamos falar sobre esta seção superficialmente, já que eu acho que este menu é mais complexo do que os anteriores.

No painel Conversões, teremos acesso a uma grande quantidade de dados estatísticos sobre conversão e monetização e KPIs do nosso site.

Este painel é vital principalmente para e-commerces, porque para ativar a maioria de suas funções, teremos que adicionar um script java UTM em todos os links do e-commerce para vinculá-lo com a conta do Google Analytics, além do código “normal” de integração.

Entre as características mais marcantes deste painel, vale a pena mencionar os objetivos, todos os dados de um e-commerce, funis multicanais e atribuições. Estas informações serão vitais e nos permitirão analisar qualquer e-commerce.

Hoje, vimos como podemos obter muitos dados do Google Analytics.

Podemos usar estas informações para entender o comportamento dos nossos visitantes e melhorar os resultados do nosso website ou blog.

Espero que você tenha gostado deste guia indispensável sobre o Google Analytics.

Eu só tenho que dizer adeus e até a próxima. Espero que tenham gostado de ler este artigo como eu gostei de escrevê-lo.

Saudações e até o próximo amigo.

Daniel Bocardo

Inscreva-se na newsletter da Mailrelay:

Não vamos oferecer-lhe o típico PDF ou ebook que você nunca irá ler (você sabe que isto é verdade). Prometemos enviar-lhe conteúdo de qualidade periodicamente, com informações úteis para ajudá-lo em sua estratégia de email marketing.

Também não vamos encher sua caixa de entrada com emails de venda, só vamos enviar-lhe artigos e dicas relevantes para seu negócio.

Comentários

  1. Juan Pardo

    Que bien me ha venido refrescar conocimientos de una herramienta tan importante para visualizara nuestro tráfico. Muchas gracias.

    05/02/2018 - 11:12:36 Publicar una respuesta
    • Mailrelay

      ¡Me alegro mucho de que te sea útil el post Juan! Y gracias por dejar el comentario, esperamos que los posts de esta semana también te gusten igual 🙂

      05/02/2018 - 11:20:57 Publicar una respuesta
  2. Tienda ecológica

    Gracias Daniel, nos viene muy bien aprender de los que ya tienen dominado la analítica web, sobre todo a los que estamos empezando a “vendernos” en internet.
    un saludo

    01/02/2018 - 16:19:22 Publicar una respuesta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title