Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Como criar uma base de dados passo a passo com exemplos

Publicado por Daniel Bocardo em 12/07/2018

base de datos

Existem estratégias como e-mail marketing ou anúncios sociais que, além de dar um impulso importante para a visibilidade da nossa marca na internet, eles exigem um gerenciamento delicado de informações que coletamos em nossas listas de email.

Até há pouco tempo, haviam legislações contraditórias que regiam o uso e armazenamento de bases de dados de clientes. No entanto, em 2018, com o novo RGPD ou o Regulamento Geral de Proteção de Dados foi criado. Este é um tópico complexo, não vou falar sobre isto neste artigo, mas você deve buscar informações se deseja criar uma lista de emails na Europa.

No entanto, vamos falar sobre um assunto igualmente relevante, e quero que você tome nota disso, pois vamos dar-lhe dicas sobre qual é o papel das bases de dados em uma estratégia de marketing online 360, como devem ser organizadas e quais são as melhores ferramentas que você pode usar para criá-las.

Você está interessado em saber mais sobre o que são e como as bases de dados foram criadas?

Bem, vamos começar!

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

Lista de emails: Definição

Isto pode parecer muito óbvio, mas muitas pessoas têm uma ideia errada ou muito superficial sobre o que é uma base de dados de clientes e para que serve.

Por mais básico que isso possa parecer para você, eu considerei interessante começar por abordar esta questão desde o início para que, assim, você possa gerenciar de forma 100% eficiente as informações confidenciais que você coletar sobre seus clientes.

Vamos começar com as definições mais básicas:

►  O que é um banco de dados de clientes?

O conceito de “banco de dados” é frequentemente usado não apenas no escopo do mundo dos negócios, mas também no âmbito da informática, para referir-se a informação organizada de acordo com certos critérios.

Nesse sentido, quando falamos de “sistema básico de gerenciamento de dados “, nos referimos expressamente à ferramenta ou software que nos permite armazenar toda essa informação.

Sempre que coletamos dados de nossos clientes (nome, telefone, email, número de contato, etc.) e, por exemplo, nós os organizamos de acordo com certos interesses para que eles recebam nossas próximas campanhas de marketing, estamos criando um banco de dados.

As bases de dados podem ser de uso individual, quando apenas um administrador pode acessar estes dados, ou de uso compartilhado, quando um grupo de pessoas poderá acessar esta informação, por exemplo em uma Intranet.

base de datos

► O que é um banco de dados de clientes?

Uma vez que as bases de dados contêm informações organizadas (sem informações redundantes) e acessíveis (fácil de gerenciar para qualquer um), podemos dizer que são parte de um sistema de informações para trabalhar em equipe e em nível corporativo.

Portanto, é uma ferramenta perfeita para lidar com grandes quantidades de informações relacionadas aos nossos clientes, bem como para poder acessá-las com rapidez e facilidade, buscando por informações , como data de registro ou nome completo.

Quanto maior o volume de dados registrados sobre nossos clientes, mais útil e indispensável torna-se esta ferramenta.

Além disso, ter um banco de dados segmentado corretamente permite:

  1. Detectar novas oportunidades de negócios graças à revisão microssegmentada dos dados de nossos clientes.
  2. Obter um ROI mais alto em campanhas de publicidade através de ações de marketing voltadas para um público segmentado, com um interesse relacionado.
  3. Reduzir os custos das campanhas tradicionais de marketing, trabalhando com newsletters e outras ações automatizadas.
  4. Criar campanhas de remarketing com cupons de desconto e promoções para gerar engajamento com os clientes.

Estes são apenas alguns exemplos, para que você entenda a importância de começar a coletar informações sobre seus clientes, pois você poderá usar estes dados para criar ações de marketing cada vez mais segmentadas, por exemplo somente para usuários interessados em um dos seus produtos, ou que compraram recentemente.

Consejos para crear una Base de Datos

· Dicas para criar uma base de dados

Como expliquei anteriormente, para criar uma base de dados com informações relevantes para suas ações de marketing, você precisará coletar os dados de forma inteligente, definindo critérios de segmentação com base nos perfis dos seus clientes. Para que você possa trabalhar com uma lista de emails, por exemplo, a informação precisa estar acessível para todos os membros da equipe de marketing e de vendas, para que eles possam consultar estes dados a qualquer momento.

Portanto, antes de falar sobre algumas das ferramentas universalmente usadas para a criação desses arquivos, eu quero dar-lhe alguns conselhos práticos. Nós os vemos?

► Como organizar uma base de dados de clientes?

Antes de começar a trabalhar com a criação do banco de dados de clientes da sua empresa, tenha em mente 3 coisas:

1 Privacidade:

Lembre-se que se você lida com informações privadas de terceiros, você deve proteger cuidadosamente todas as informações coletadas em seu site, além de atualizar o conteúdo da página de política de privacidade sempre que necessário.

2 Segmentação:

Todos os seus clientes não têm as mesmas necessidades ou os mesmos interesses. Dessa forma, você terá que classificá-los em perfis distintos, para poder organizar suas informações corretamente.

Por exemplo, se um cliente já comprou vários produtos em sua loja virtual, deverá estar em um perfil diferente de um usuário que visitou seu site, se cadastrou para receber suas newsletters mas nunca interagiu com suas mensagens.

3 Atualização:

Assim como em qualquer outra área do seu negócio, sua base de dados precisa ser constantemente alimentada com novas informações. No entanto, atualizar os dados já existentes é igualmente fundamental, pois se as informações estiverem desatualizadas ou incorretas, você poderá tomar decisões equivocadas, ou criar campanhas para clientes que já estão em outra etapa do processo de conversão.

Pense que, se o seu banco de dados não estiver de acordo com essas três premissas, não será possível criar campanhas de marketing estrategicamente eficientes, uma vez que você está trabalhando com dados inválidos, por isso, qualquer estratégia trará resultados muito pobres ou mesmo negativos.

► Como criar uma base de dados de qualidade?

Se você já entendeu os aspectos explicados até agora, eu gostaria de mostrar-lhe o que você pode fazer para criar uma nova base de dados, ou expandir a que você já tem.

A seguir, vou dar-lhe algumas dicas sobre como criar s usar corretamente sua base de dados de clientes. Tenho certeza que qualquer consultor de marketing que realmente estiver interessado na sustentabilidade da sua estratégia digital a longo prazo:

  1. Gere conteúdo de SEO otimizado para mecanismos de pesquisa e que, por sua vez, chame a atenção do seu comprador ou cliente ideal devido a qualidade deste material.
  2. Use links, botões e qualquer tipo de elemento gráfico em seu site ou páginas de vendas com os quais você poderá encaminhar o usuário para a ação, indicando claramente o que você deseja que ele faça; neste caso, você precisa dos dados dos seus visitantes.
  3. Publique artigos no seu blog ou lance páginas de destino com lead magnet atraentes. Isto significa que você deve criar conteúdos VIP, que o usuário poderá acessar apenas depois de aceitar dar-lhe seus dados pessoais em troca do download.
  4. Inclua formulários de contato, com os campos necessários para poder realizar ações de marketing eficazes no futuro. Não se preocupe com a quantidade de informações solicitadas, pois se eles não estiverem dispostos a preencher um formulário, muito provavelmente não estarão dispostos a confiar em você.
  5. Trabalhe com networking, participe de eventos, feiras e conferências, para divulgar sua empresa e coletar informações de possíveis clientes para aumentar e atualizar suas bases de dados.

Mas, acima de tudo, nunca compre bancos de dados de clientes de terceiros, pois além de serem totalmente ineficientes para suas ações de marketing, podem dar-lhe muita dor de cabeça e problemas legais.

Herramientas para crear una Base de Datos

· Ferramentas para criar um banco de dados

Apesar do fato de que para saber qual é a melhor opção para criar sua própria base de dados seria preciso primeiro definir a estratégia do seu negócio, eu gostaria de orientá-lo falando sobre os 3 melhores tipos de ferramentas que você pode usar:

  1. Template
  2. CRM
  3. Software

Vamos ver em detalhes as características de cada um e alguns exemplos.

► Template para base de dados

Certamente, você já sabe que usar ferramentas como o Microsoft Excel (ou Apple Numbers) para criar o seu banco de dados é uma ótima opção.

A complexidade de criar seus bancos de dados no Excel é organizar as informações e formatá-las corretamente. Mas você não precisa se preocupar com isto, porque você poderá encontrar planilhas prontas na internet que você poderá usar como um template para organizar os dados que você está coletando, principalmente se você estiver criando uma base de dados de forma manual.

Este é o melhor recurso para pequenos empresários e autônomos, pois além de ser gratuito, na maioria dos casos, as ferramentas usadas em marketing digital armazenam os dados em arquivo Excel.

► CRM (Customer Relationships Management)

Um CRM é uma ferramenta de gerenciamento mais elaborada que é frequentemente usada em empresas para, precisamente esta tarefa; gerenciar o banco de dados de clientes.

Além de apresentar as informações unificadas em um só lugar, o CRM tem as funcionalidades necessárias para fazer uma segmentação ideal de acordo com as necessidades do projeto ou negócio em questão.

O nível de complexidade envolvido no uso desta ferramenta é ligeiramente maior do que o uso de um modelo básico no Excel, mas de um modo geral, estes sistemas apresentam opções intuitivas, uma vez que são vendidos para empresas e profissionais de todos os tipos e áreas de atuação.

Existem vários CRMs no mercado, com características e utilização diferente, mas de uma forma geral, todos apresentam as opções necessárias para o gerenciamento de bases de dados e listas de emails. Alguns dos mais populares são:

Softwares específicos de gestión empresarial

► Software para gestão empresarial

Agora, vamos falar sobre algo mais avançado, o uso de sistemas de gestão para agilizar processos completos de faturamento ou logística interna.

Você certamente já viu falar de nomes como SAP, Sage ou Soho, porque eles são algumas das mais poderosas ferramentas de gerenciamento de negócios hoje em dia. Um software de gestão comercial tem muitas funcionalidades, entre elas, a organização e gerenciamento de múltiplos bancos de dados de clientes.

Conclusão

Neste artigo, vimos como criar um banco de dados eficiente, bem como os aspectos que devemos considerar para evitar problemas legais.

Entre os benefícios da criação de uma base de dados, podemos destacar a possibilidade de acessar informações de forma simples e, também, poder segmentá-las de acordo com a nossa estratégia de negócios. Esta é uma tarefa complexa, mas fundamental para a criação de campanhas de marketing, pois sem segmentação, não é possível divulgar seus produtos para pessoas interessadas em comprá-los.

Lembre-se que para criar seu próprio banco de dados, você precisará de ter um programa ou ferramenta que ajude você com o gerenciamento das informações, especialmente se você trabalha em equipe ou em uma empresa maior.

A nível básico (e fundamental), você pode usar modelos gratuitos em Excel, que você exportará em arquivos CSV, para usar em campanhas de email marketing ou anúncios em redes sociais (por exemplo).

A nível corporativo, o uso de um CRM ou programa de computador avançado como SAP torna-se muito importante, porque o volume de clientes de um freelancer não é (sequer remotamente) o mesmo de uma grande organização.

Como você está gerenciando sua base de dados de clientes? Você conhece alguma outra ferramenta para este tipo de tarefa?

Daniel Bocardo


El motivo principal por el que no vendes con tus emails es porque acaban en SPAM. Eso tiene solución, está en este ebook, lo puedes descargar registrándote, abajo







Acepto la política de privacidad.



Comentários

  1. Raul SEO Granada

    Me ha encantado este artículo, es algo esencial tener una buena base de datos.

    17/07/2018 - 10:44:27 Publicar una respuesta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title