Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Mais personalização e menos automação, a chave para o sucesso das suas campanhas de mala direta

Publicado por Alba Caride em 27/12/2018

Más personalización y menos automatización

Em um ambiente de marketing globalizado, mais e mais empresas estão buscando opções para oferecer conteúdo adaptado aos interesses e necessidades de seus clientes.

A automação de campanhas de email marketing tem benefícios (mais eficiência, melhores resultados, mais controle e monitoramento da estratégia, etc.), mas deve-se notar que a personalização tem mais vantagens no que se refere a satisfação do usuário.

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

· Como a automação e a personalização são diferentes?

Vamos começar com uma definição dos dois conceitos para entender suas semelhanças e diferenças.

A automação permite enviar e-mails de forma rápida e maciça, sem importar aspectos demográficos e psicográficos do indivíduo.

É útil se você está procurando eficiência e não tem um mercado muito diversificado.

No entanto, um software para automação de tarefas não será 100% eficaz e muitas campanhas podem ser afetadas, prejudicando sua estratégia a longo prazo.

A personalização ganha terreno nesta área, pois permite unificar eficiência e interação com o usuário, em mercados altamente segmentados, agrupando os usuários seguindo diferentes critérios, como localização, gênero, idade, interesses, etc. e gera maior engajamento.

Se você ainda não acredita que a personalização é a chave para o sucesso, temos estatísticas para provar o que estamos dizendo.

Segundo a Statista as aberturas de emails com conteúdos personalizados são 5% maiores.

A automação foi muito popular há alguns anos atrás, mas hoje em dia a personalização é praticamente uma obrigação ao enviar publicidade por e-mail.

personalización de emails

· Ferramentas de personalização

Uma vez que decidimos usar a personalização como uma ferramenta para aumentar o valor da nossa campanha de email marketing, precisamos de conhecer alguns tipos, bem como como fazê-los.

1.- Trigged email marketing.

Consiste em disparar mensagens ou notificações personalizadas, em resposta a um evento. Por exemplo, podemos programar mensagens de aniversário, notificações em datas especiais ou após uma ação. Nesses casos, o e-mail acionado será vital para a conversão do usuário em lead.

2.- Campanhas categorizadas.

Consiste em direcionar sua campanha para seções diferentes que permitem que os assinantes escolham informações que são de seu interesse. Esta ferramenta também permitirá que você conheça a personalidade e os gostos de seus usuários, para poder segmentar com maior precisão no futuro.

3.-Incluir o nome do usuário.

Os clientes são pessoas de carne e osso e (como a maioria de nós) simpatizam com as marcas que nos tratam como tal, e não como simples oportunidades para vender. Algumas ferramentas, como a Mailrelay são profissionais nesta tarefa e fazem este trabalho para você. De acordo com um estudo realizado pela Digital Response, 56,5% das empresas espanholas incluem em seus e-mails o nome do usuário. 51,70% também personalizaram os assuntos, isto é, também incluíram o nome na linha de assunto dos emails.

4.- Seleção de preferências.

Serve para reunir informações úteis que ajudam a segmentar nossa base de dados. Usando esta opção, podemos criar diferentes perfis de usuários, com opções diferentes para cada target.

5.- Lembrete de compra.

Em várias ocasiões, recebemos um email de uma página que visitamos recentemente com um assunto como: “Você esqueceu um produto em seu carrinho de compras?” Isso porque a empresa tem informações sobre o os produtos que o usuário acessou e adiciona ao seu carrinho mas não comprou. Quando isto ocorre, o software irá enviar um email como lembrete, ou com um cupom de desconto para tentar convencer o cliente a finalizar a compra.

6.-Mensagem pessoal

Isso ajudará você a criar um relacionamento mais humano e real com os clientes. Usar uma linguagem mais informal é fundamental para criar empatia com os leitores. Trate-os como amigos e eles irão responder da mesma maneira.

7. Landing pages.

Uma landing page é o local para onde você irá direcionar os usuários que clicaram em um dos links que você incluiu no seu email. Elas são essenciais para converter usuários em leads. Se você incluir links para a página inicial do seu website, muitos usuários poderiam sair sem se quer visitar a página do produto. Ferramentas como LeadPages são muito úteis na criação de landing pages otimizadas para maximizar suas vendas.

¿Existen límites en la personalización?

· Existem limites no nível de personalização?

As possibilidades quando se trata de personalizar o conteúdo das suas newsletters são quase que infindáveis.

De um simples Olá, “nome do usuário”, até emails de agradecimento após uma compra, com dados como a loja onde o produto foi comprado e até mesmo o nome do vendedor.

No entanto, uma hiperpersonalização pode acabar assustando os destinatários e levá-los a se sentir vigiados e perseguidos.

Algumas marcas criaram campanhas de email marketing que incluíam reconhecimento facial e informações sobre a localização dos clientes. Podemos pensar que esta é uma estratégia muito inteligente, mas a verdade é que os resultados foram terríveis, pois os assinantes se sentiram assustados e muitos consideraram que sua privacidade foi invadida sem sua autorização.

Em conclusão, a personalização é extremamente benéfica para criar campanhas segmentadas, desde que tenhamos cuidado para não superar a linha tênue entre satisfação e medo.

· Descubra o método de opt-in ou double opt-in

Para criar uma base de dados de qualidade, que será constantemente atualizada com contatos reais, você pode criar formulários opt-in.

Este método é baseado na aceitação específica do usuário que terá que confirmar que ele deseja receber esse tipo de emails, portanto, garante o interesse de todos os contatos, evitando esforços desnecessários.

Você pode trabalhar com esta estratégia inserindo caixas de assinatura ou formulários no seu site, com textos convidando os visitantes a se inscrever em sua newsletter.

Algumas marcas, especialmente têxteis, oferecem um desconto para quem aceitar se inscrever em sua newsletter, aumentando o número de usuários da base de dados.

Formulários double opt-in são um passo a diante na estratégia de proteção de base de dados, pois os usuários precisarão aceitar expressamente que querem receber esta série de e-mails informativos. No entanto, eles devem confirmar a assinatura acessando seu e-mail e clicando em um link que será enviado por e-mail.

comprar bases de datos

·Para que serve isso?

Usando a segunda opção, as empresas garantem que não irão adicionar e-mails falsos ou temporários em sua base de dados, o que iria afetar seriamente sua reputação de remetente. Estes emails normalmente são criados apenas para conseguir um desconto ou baixar um lead magnet, mas serão desativados em pouco tempo.

1. Comprar bases de dados.

Mesmo que você queira personalizar seu conteúdo, você não deveria comprar bases de dados de outras empresas do mesmo setor. Tente gerar sua própria lista de emails, pois seus assinantes irão reconhecer sua empresa e não marcarão seus emails como spam, prejudicando sua imagem. Como já mencionamos, muitas empresas oferecem incentivos para convencer visitantes a se inscrever em sua newsletter. Você também pode usar esta estratégia para criar uma lista de emails.

2. Improvisar.

Quando você tem muitas ações em mente, a improvisação não é uma opção. Tente planejar e agendar todas as atividades de e-mail marketing da sua empresa. Será muito útil desenvolver um calendário de atividades, especificando o dia e a hora que você irá enviar cada campanha. Existem inúmeras aplicações para enviar uma newsletter programada, como por exemplo a Mailrelay. Usando nosso serviço de email marketing, você poderá programar suas campanhas gratuitamente.

3. Ausência de originalidade em seus emails.

A criatividade é essencial para atrair a atenção dos seus assinantes e impedir que o seu email seja ignorado. Evite usar templates que não permitem inovação, dedicando todo o tempo que você precisar para criar sua campanha.

4. Violação de privacidade.

Como já dissemos, a personalização tem certos limites que você nunca deve ignorar. Roubar dados, bem como não explicar como você está gerando sua lista de emails, são crimes que podem causar sérios problemas no futuro.

5. Monotema.

Não envie e-mails apenas relacionados a seus produtos ou serviços. Os usuários irão apreciar outros tipos de e-mails, seja com informações relevantes, notícias, artigos ou outros tópicos que você considerar. Este tipo de e-mail ajuda a desbancar a percepção clássica das marcas como empresas imprudentes e rudes que só procuram obter lucros, ajudando a melhorar o relacionamento cliente-empresa.

6. Domínio inadequado.

Enviar mensagens corporativas usando um serviço de e-mails pessoal como Gmail.com é pouco profissional. Invista nas ferramentas certas para suas necessidades, pois a longo prazo os resultados serão melhores.

7. Não ter uma estratégia de envio de e-mail.

Obter sucesso em sua campanha de email marketing não é uma tarefa fácil, já que o ambiente atual é muito competitivo. Contrate o profissional apropriado para criar uma estratégia de email marketing e otimizar seus resultados. Em particular, ao personalizar seu conteúdo, você deve ter conhecimento prévio sobre os clientes, gerar empatia e rever as estatísticas para controlar seus resultados.

chatbot

· Reflexões sobre o futuro

Como tudo relacionado ao mundo digital, o e-mail marketing está mudando constantemente, então as campanhas que irão sobreviver a essa fugacidade são as que têm maior capacidade de adaptação.

> O chatbot se torna importante. Como resultado do boom da IA, o chatbot conecta-se com os clientes em tempo real para atender suas solicitações e oferecer soluções. No que se refere ao email marketing, provavelmente em breve vamos vê-lo integrado a esse tipo de marketing, fazendo um acompanhamento real dos usuários. Portanto, se você ainda não implantou sistemas de inteligência artificial nas tarefas de sua empresa, você deveria começar a pensar sobre isto.

> Deve-se notar que o meio mais usado para ler e-mails é o celular, portanto será fundamental adaptar seu conteúdo a este formato de tela. Ainda há muitas empresas que descuidam este aspecto, enviando newsletters com textos ilegíveis em dispositivos móveis. Quanto mais breves e coloridos, maior será o impacto da sua campanha.

> Conteúdo humorístico e divertido. Dependendo das características demográficas de cada usuário, podemos adaptar nossas mensagens a diferentes perfis de assinantes. Criar campanhas com conteúdo diferente e divertido irá melhorar o relacionamento com seus clientes e melhorar o nível de engajamento.

> Conteúdo interativo. Existem várias opções para transmitir informações sérias de uma forma mais divertida e interativa. Você pode usar gifs, vídeos, mapas em 360º. Com certeza essas opções serão expandidas em breve!

Conclusão

Em suma, a personalização do email marketing será um fator determinante no sucesso das suas campanhas. Personalizar suas mensagens é mais do que um dever, é um diferencial que permitirá que você construa um relacionamento leal com seus clientes. Personalizar é muito mais difícil do que automatizar, porém este trabalho trará resultados proporcionalmente melhores.

Embora o email marketing tenha sido ignorado por muitas empresas no passado, esta estratégia ressurgiu graças a esta estratégia que acabou com os emails tradicionais de vendas. O segredo está em enviar as mensagens certas para os clientes certos.

A maioria da população abre seu e-mail todos os dias, especialmente através de dispositivos móveis, uma vez que os usuários normalmente recebem uma notificação na tela quando eles recebem uma nova mensagem. Mais da metade dos emails enviados são abertos e lidos.

E-mail marketing é realmente uma estratégia eficaz, porque de acordo com um estudo publicado por Ericcson Consumer Lab apenas 53% da população assiste televisão diariamente.

É uma tarefa cara, mas quando você encontrar o software certo para gerenciar suas campanhas de email, todo o trabalho será mais fácil e, claro, seus esforços valerão a pena!

Alba Caride

Suscríbete y aprende marketing online gratis. Desarrollamos y publicamos contenidos que bien podrían formar parte de un curso de pago, recíbelos gratis:







Acepto la política de privacidad.



Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title