Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Estratégia de Marketing de Conteúdo: principais desafios que você precisará superar

Publicado por Emanuel Olivier em 12/06/2019

O marketing de conteúdo começou a ser aplicado por milhões de empresas em todo o mundo que entenderam que não há necessidade de correr atrás do público, mas deixá-los aproximar-se da marca de acordo com suas necessidades.

Segundo as estatísticas publicadas no ano passado pela Content Marketing Institute, de 47% das empresas pesquisadas que estão trabalhando com uma estratégia de conteúdo por um tempo, apenas 37% consideram ter um bom nível de maturidade e conhecimento nesta área.

Também devemos considerar que em 2017 esse mesmo estudo foi realizado e 10% dos profissionais entrevistados afirmaram que o Marketing de Conteúdo não era eficaz, diferindo de 29% dos entrevistados que expressaram que consideravam uma estratégia relevante.

Muitas dessas empresas, incluindo as pesquisadas no ano passado, afirmaram que preferem terceirizar sua estratégia de marketing de conteúdo.

Então, essas estatísticas revelam que, embora exista um número significativo de empresas que entendem o poder do conteúdo para melhorar sua estratégia de SEO, ganhar notoriedade na Internet e até mesmo direcionar tráfego para suas páginas, há também um número relevante que ainda não está obtendo resultados positivos.

Estes dados, mais do que deixar você preocupado, devem levá-lo a indagar-se: Será que eles estão trabalhando corretamente com marketing de conteúdo?

A verdade é que apenas os profissionais responsáveis por cada empresa podem responder a esta pergunta, mas talvez eles acreditam que estão seguindo todos os passos ao pé da letra e, na opinião deles, a estratégia foi bem desenvolvida, mas eles não obtiveram os resultados desejados.

Pode ser que eles não estejam levando em conta os desafios que devemos superar ao trabalhar com uma estratégia de Marketing de Conteúdo, porque sim, você irá encontrar muitos percalços no seu caminho! E antes de descobrir que você não estava preparado para superá-los, é melhor aprender a reconhecê-los:

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

· Compradores desinteressados

Todos os profissionais de marketing sabem que somos curiosos por natureza.

Muitas vezes, ao ver um anúncio, clicamos no banner para acessar o site, mas não estão realmente interessados em comprar. Isto é algo que acontece, independentemente das estratégias de marketing que estão sendo usadas.

Estamos sendo constantemente bombardeados por anúncios no Google, não importa o tipo de informação, produto ou serviço que estamos buscando. Embora seja impossível forçar os usuários a se interessar apenas pelas suas páginas, seu papel como marqueteiro é buscar alternativas para destacar-se e convencer os usuários que estão navegando na Internet que é no seu site que eles devem parar, pois é você quem tem as respostas certas para o que quer que seja que eles estão procurando.

O marketing de conteúdo é uma ferramenta muito eficaz para resolver este problema.

Quando um usuário entra em um site e não se sente confortável, ou não encontra as informações que ele estava buscando, é muito provável que ele feche a página instantaneamente. O problema é que por estarem muito preocupados em convencer os visitantes a comprar, muitos profissionais de marketing esquecem de pensar em soluções para os problemas destes usuários, ou dar-lhes exatamente o que eles estão buscando. Isto gera uma espécie de “ruído” na comunicação, quando o visitante começa a se sentir impaciente e decide buscar pela informação em outro website. Estas mensagens de venda ocultam o conteúdo que os visitantes realmente iriam considerar relevante.

Como resultado, em vez de procurar soluções ou produtos úteis que eles iriam querer comprar, a maioria dos consumidores assume uma posição defensiva frente à publicidade. Sua marca enfrenta concepções como:

  1. “Eu não quero que você interrompa meu dia”
  2.  “Ninguém pediu para você entrar em contato comigo”
  3.  “Vender é ruim e desonesto”
  4.  “Todos os anúncios ou outros canais para venda incluem mentiras”
  5.  “Este produto não tem nada que ver comigo”.
  6.  “Mesmo que tenha a ver comigo, como sei que você realmente irá entregar o que você me prometeu?”
  7.  “As empresas que vendem não são confiáveis”

E uma longa lista de “entre outros”

Quando considerado neste contexto, os potenciais compradores são, no melhor dos casos, indiferentes e, na pior das hipóteses, hostis.

Cabe a um profissional de marketing inteligente desenvolver uma estratégia que leve este contexto e esta realidade em consideração, para fornecer as melhores estratégias de persuasão para ajudar a alcançar seu público-alvo.

Cambios en el algoritmo

· Mudanças no algoritmo

Um algoritmo pode ser definido como uma série de instruções que devem ser cumpridas para chegar a uma determinada ação.

A verdade é que para que sua estratégia de Content Marketing funcione, você deve considerar que o Google e as redes sociais têm algoritmos que irão determinar como e quando seu conteúdo será apresentado aos usuários. Entender como estes algoritmos funcionam será vital para não ficar para trás e perder espaço para os seus concorrentes.

Portanto, não é que você deva considerá-lo como um inimigo que você terá que derrotar, mas sim algo que você tem que conquistar, porque estas alterações são inevitáveis e a melhor maneira de sair na frente dos seus concorrentes é aprender a adaptar-se a elas.

O feed de notícias das redes sociais não é mais exibido em ordem cronológica, postagens de amigos ou familiares são exibidas primeiro. Outros aspectos também irão influenciar nas informações que cada usuário irá visualizar em sua timeline.

No caso do Google, as coisas são ainda mais complicadas, pois se você violar uma ou mais regras, sua estratégia de SEO poderá ser seriamente afetada.

Então esse inimigo poderia se tornar seu aliado sempre que você o entenda.

El contenido basura

· Conteúdo indesejado

Nada pode atrapalhar mais você de alcançar seus objetivos em marketing de conteúdo do que posts de baixa qualidade. Se você publicar conteúdo que não é relevante para ninguém, não importa que você publique constantemente, que escreva longos artigos todos os dias, se os usuários não estão interessados no seu conteúdo, você só está perdendo seu tempo.

Muitas marcas caem na armadilha de publicar conteúdo sem pensar por um momento em seu Buyer Persona; isto é, em seus interesses e necessidades.

Podemos encontrar muita informação sobre qualquer tópico online, por isso se você não oferecer exatamente o que seus leitores estão procurando, você só está perdendo seu tempo. Além disso, se seus visitantes podem encontrar conteúdo similar em qualquer outro lugar, por que eles iriam visitar seu site novamente?

As principais características deste tipo de conteúdo são:

  1. Texto escrito com o objetivo de vender e não para ajudar ou oferecer informações relevantes sobre um tópico.
  2. Texto muito genérico e não natural.
  3. Não aborda diretamente o tópico com informações fundamentais para os leitores.
  4. Está cheio de botões CTA e sugestões de que a empresa que pagou pelo conteúdo é a melhor opção para os leitores, mas sem fatos reais para embasar estas afirmações.
  5. É fácil perceber que o texto não foi escrito pensando nos leitores e sim em convencê-los a acessar outro site, ou a pagar por um produto.
  6. Não há valor agregado em nenhuma das linhas.

Não importa se você está postando conteúdo em um blog ou nos seus perfis sociais, se você está apenas postando para vender, seus seguidores irão ignorar você, pois você não está oferecendo o que eles querem receber.

O gigante Google não é chamado de gigante por nada; seus algoritmos sabem detectar quais páginas foram publicadas para vender. Este tipo de conteúdo não é relevante para os usuários pois as informações são consideradas suspeitas.

Felizmente, também podemos derrotar este inimigo, se estivermos dispostos a estudar nosso público-alvo e criar conteúdo adaptado às suas necessidades.

Pensamiento de que el Content Marketing es solo escribir

·Pensar que para trabalhar com Marketing de Conteúdo só precisamos escrever

Quando falamos de marketing de conteúdo, o que vêm a sua cabeça? É uma série de publicações no blog? Talvez um e-book para download? Ou um infográfico?

O marketing de conteúdo é muito mais do que escrever publicações em um blog. Se você quer trabalhar com esta estratégia, você precisa entender que você terá que criar diferentes tipos de conteúdo para obter resultados positivos.

Se você está procurando uma maneira de misturar as coisas, o vídeo pode ser a melhor alternativa.

Conteúdo de vídeo não é a tendência do futuro em marketing de conteúdo, é a tendência atual. Está transformando a maneira como as pessoas se conectam com as marcas. Embora criar conteúdo em vários formatos seja uma tarefa muito mais complexa, os resultados podem ser surpreendentes.

Vídeos dão ao seu conteúdo um fator de “wow” que muitas vezes não está presente em outros formatos.

Eles são uma maneira rápida e atraente de enviar sua mensagem e atrair seu público E o melhor de tudo, eles são fáceis de compartilhar e podem espalhar rapidamente sua mensagem para um número maior de pessoas.

Então, da próxima vez que você planejar seu calendário editorial, não tenha medo de adicionar um ou dois vídeos no mix de conteúdo que você irá publicar. Crie tutoriais rápidos, mostre suas histórias de sucesso, convide sua audiência para conhecer sua empresa, mantenha contato direto com seus clientes. As opções são infinitas, e os resultados falam por si, então não perca mais tempo e comece a criar conteúdo em formatos diferentes.

Tiempo

· Tempo

É o maior inimigo da sua estratégia de marketing de conteúdo. Criar conteúdo de qualidade leva tempo, mas e se não fosse necessário fazer o trabalho por conta própria?

O conteúdo gerado pelos usuários pode ser a resposta para suas orações. Solicite a ajuda de seus maiores fãs por meio de campanhas de criação de conteúdo gerado pelos usuários. Este tipo de conteúdo é muito valorizado por webmasters pois eles normalmente irão receber o conteúdo de graça, mas conteúdos criados por terceiros geralmente são considerados mais autênticos do que o conteúdo criado comercialmente.

As audiências mudaram. Hoje, eles anseiam histórias, conexão e interação mais do que nunca.

O conteúdo gerado pelos usuários ajuda a criar essas conexões para unir as pessoas. Isto será vital para lutar contra a ideia de “nós contra eles” pois seus usuários são os que estarão falando sobre as vantagens dos seus produtos ou serviços de uma forma honesta e sem interferências externas que poderiam comprometer a isenção do conteúdo.

Compartilhar conteúdo de terceiros fará com que eles sintam-se privilegiados, aumentando sua confiança na idoneidade dos outros conteúdos, fomentando interação e criando um ambiente mais aberto e amistoso entre os usuários.

Quer seja uma promoção social baseada em uma hashtag, baseada em incentivos ou através de um programa de embaixadores da marca, publicar conteúdo gerado pelos usuários da sua empresa pode aliviar o estresse de uma estratégia de marketing de conteúdo, ajudando você a se conectar de uma forma inovadora com seu público-alvo.

Finalmente, como em qualquer guerra, há inimigos, mas no caso de sua estratégia de Marketing de Conteúdo você pode lutar com as melhores armas, que são seu conhecimento e seu tempo. Você precisará estar sempre buscando aprender novas coisas, para manter seus canais de comunicação atualizados e publicar o conteúdo que sua audiência irá querer receber de você.

Emanual Olivier

Suscríbete y aprende marketing online gratis. Desarrollamos y publicamos contenidos que bien podrían formar parte de un curso de pago, recíbelos gratis:







Acepto la política de privacidad.



Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title