Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Headers ou cabeçalhos: como mostrá-los em seus emails e evitar problemas

Publicado por Teresa Alba em 17/07/2019

Muitas pessoas acreditam que criar uma newsletter é apenas sobre escrever uma mensagem simples ou escolher uma imagem bonita e enviá-la para uma lista de emails. No entanto, você precisará considerar muitos outros aspectos antes que você possa enviar uma newsletter.

Em mais de uma ocasião (talvez isso já aconteceu com você também), eu passei algum tempo planejando minha campanha de email marketing, mas quando eu enviei a mensagem, ela foi considerada spam. Isto poderia acontecer por vários motivos; problemas no cabeçalho do email podem afetar a entrega dos emails.

Esta é a principal razão pela qual eu escrevi este artigo, para explicar-lhe como otimizar o cabeçalho dos meus emails e como a Mailrelay me ajudou a resolver este problema.

Especificamente, hoje vou explicar:

  1. O que é um cabeçalho?
  2. Como e por que mostrar esses cabeçalhos em diferentes clientes de emails.
  3. Algumas ferramentas para analisar o header de um email.

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

· Cabeçalho do email: recursos e funções

Quando você envia uma newsletter, você logicamente gostaria de saber se o destinatário recebeu sua mensagem corretamente. Na verdade, um serviço de email marketing como a Mailrelay irá oferecer-lhe informações sobre o status da sua campanha.

No entanto, antes de enviar uma newsletter você deveria tomar um tempo para aprender sobre a utilização de cabeçalhos, pois eles serão vitais para o sucesso da sua estratégia de marketing digital:

  1. Os cabeçalhos oferecem um index com todas as informações sobre o email.
  2. Os servidores pelos quais os e-mails estão passando.
  3. Que erros ocorreram ao longo do caminho.

O problema é que não existem muitas opções para detectar problemas relacionados com a entrega de emails. Se você quer descobrir se o email que você enviou foi recebido corretamente, você precisaria trabalhar com uma destas opções:

  1. Logs do servidor de email (que só podem ser acessados pelos administradores da conta de e-mail).
  2. Estatísticas disponíveis nas ferramentas de email marketing como a Mailrelay (isto nos permite detectar erros até certo ponto).
  3. Os cabeçalhos dos emails (acessíveis a todos).

“Não se assuste com os códigos e tags HTML: Embora você possa pensar que é difícil de interpretar os cabeçalhos, existem ferramentas que nos ajudam a entendê-los e analisar o que aconteceu com cada um dos nossos emails.”

► Aspectos que você deve considerar nos cabeçalhos

Como já vimos, os cabeçalhos permitem que você analise informações sobre cada um dos servidores por onde o email passou (entre outras coisas), tendo em conta que cada email passa por pelo menos quatro servidores diferentes.

Portanto, todas as informações começam a serem coletadas tão logo o remetente clicar em “enviar até que a mensagem seja entregue na caixa de entrada do destinatário.

Além disso, você poderia obter outras informações sobre o email enviado checando o cabeçalhoda mensagem:

  1. Formato do e-mail.
  2. Nome do cliente de email usado.
  3. Origem (se é um e-mail corporativo ou não).

headers email

Portanto, a informação incluída no cabeçalho está relacionada com você (o remetente da mensagem), como; o programa de email marketing que você usou para enviar a newsletter (no meu caso Mailrelay), uma lista de detalhes técnicos (ID da mensagem ou status de spam) e a lista de todos os servidores através dos quais o e-mail passou até chegar aos destinatários.

Estas são algumas das etiquetas que você encontrará ao checar um cabeçalho de email:

  1. From: O remetente da mensagem.
  2. Subject: Assunto da mensagem.
  3. Date: data e hora de envio.
  4. To: Receptor, embora o email poderia não ser exibido.
  5. Return-Path: a conta para devolver o e-mail ou “reply to”.
  6. Delivery date: data e hora em que seu cliente de e-mail recebeu a mensagem.
  7. Received: Esta é a informação mais importante porque mostrará todos os servidores e computadores por onde seu email passou.
  8. Message-id: Quando a mensagem é criada, o sistema cria uma string, que poderia ser facilmente falsificada.
  9. X-Spam-Status e Level: seu serviço de email marketing irá atribuir uma pontuação de spam para cada email recebido.
  10. Message body: o conteúdo do email.

Muitos spammers manipulam os cabeçalhos para “enganar” os destinatários, alterando algumas linhas como “from” e “return-path”.

Os únicos campos que não podem ser manipulados são os de “received” porque o ID de saída é gerado pelo servidor receptor.

¿Por qué mostrar los headers o cabeceras?

► Por que exibir os headers?

Lembro-me que há um ano lancei uma campanha de email marketing para o meu blog Disenocreativo, com o objetivo de captar novos clientes. Eu estava trabalhando com um banco de dados segmentado para meu público-alvo. Eu enviei várias mensagens diferentes para cada buyer persona, mas depois de um tempo eu comecei a desconfiar que algo não estava funcionando corretamente.

Quando eu tirei algum tempo para analisar os relatórios, notei que alguns assinantes não estavam abrindo minhas mensagens. O problema era que os emails foram entregues como spam e, acima de tudo, na pasta de promoções do Gmail.

Isso pode acontecer devido a muitos fatores, mas no meu caso o problema aconteceu precisamente por erros no código HTML do cabeçalho.

Como eu não entendo muito sobre HTML, entrei em contato com o suporte da Mailrelay e encaminhei para eles o e-mail original para que eles checassem o que havia de errado com a campanha.

Meu problema foi resolvido. Sem encaminhar a mensagem para eles, não seria possível revisar minha mensagem. Eles precisavam do cabeçalho original para checar minhas configurações técnicas.

Se você quiser suporte para analisar o código do cabeçalho do seu email, você terá que ativar a opção para mostrar o cabeçalho em suas newsletters.

Portanto, e recapitulando o que eu já expliquei sobre a relevância dos cabeçalhos, você deveria exibi-los  porque:

  1. Você pode rastrear o emails para evitar qualquer invasão. Como eu comentei antes, algumas partes do cabeçalho podem ser manipuladas por hackers, e isso pode ser detectado através destes dados gerados no HTML do header.
  2. Facilitar a leitura do email por pessoas com problemas visuais. Estes usuários trabalham com dispositivos tecnológicos que lêem o código do cabeçalho para interpretar o email.
  3. Impedir que o email vá para a pasta de spam. Revisando o cabeçalho dos emails, podemos identificar problemas no código da mensagem antes de enviá-la para todos os nossos assinantes.

¿Cómo mostrar las cabeceras en tu gestor de correo?

· Como exibir cabeçalhos no seu gerenciador de e-mail?

Se você também está enfrentando problemas de entrega, mas a priori parece que os outros fatores estão em ordem (ou pelo menos até onde você sabe), eu recomendo que você pense em revisar o header do email.

Mas o que você pode fazer se você não trabalha com código HTML ou você não sabe como exibir o header em seu cliente de email? Bem, não entre em pânico, é exatamente isso que vamos ver agora.

A primeira coisa que você deve fazer é encontrar o header original para enviar o código para o seu programador de confiança.

A seguir, vou mostrar onde encontrar essa informação nos quatro servidores de email mais utilizados (já que os passos irão variar dependendo do software de email); Gmail, Hotmail, Outlook e Thunderbird.

► Gmail

Se você usa o Gmail, o que é muito possível, siga as seguintes etapas para encontrar o cabeçalho do e-mail:

  1. Abra a mensagem que você deseja inspecionar.
  2. Na tela da mensagem, à direita, ao lado do botão “responder” abra um menu suspenso e clique em “mostrar original”.
  3. Em seguida, copie todo o texto e cole em uma das ferramentas que você escolheu anteriormente.

E, voila!, Você pode mostrar o cabeçalho e detectar erros (se houverem).

headers email

► Hotmail / Outlook

Para o Hotmail, estas são as etapas a seguir para descobrir onde encontrar o cabeçalho de um email:

  1. Acesse o email que você deseja inspecionar.
  2. Clique no menu dos três pontos
  3. Clique no botão “ver origem da mensagem”.

headers email

Ao selecionar essa opção, você verá o cabeçalho do e-mail em uma nova janela ou guia:

headers email

► Outlook Desktop

Se o seu provedor de email for o Outlook para o Office 365, 2016, 2013 ou 2010, você terá que seguir os seguintes passos:

  1. Clique duas vezes no email para abri-lo fora do painel de leitura.
  2. Clique em ‘arquivo’ e depois em’propriedades’.

Você encontrará as informações do cabeçalho na caixa “cabeçalho de Internet”.

► Thunderbird

Para ver os cabeçalhos dos seus emails no Mozilla Thunderbird, você deve seguir estes passos:

  1. Acesse o email que você deseja verificar.
  2. Clique no menu suspenso «Mais»
  3. E depois em «Ver código-fonte»

headers email

· Ferramentas para analisar cabeçalhos de email

Este é um exemplo claro de que devemos depositar nossa confiança em profissionais de suporte técnico para otimizar nossas campanhas de email marketing.

Eu entrei em contato com o departamento de suporte técnico da Mailrelay para otimizar minhas newsletters e corrigir erros de código que estavam afetando a entrega dos meus emails.

No entanto, se você trabalha com programação e quer identificar e resolver problemas por conta própria, existem algumas ferramentas gratuitas que irão ajudá-lo a revisar e analisar o código HTML original de um email.

Eu vou falar sobre três ferramentas; Messageheader do G Suite, Web Developer para FireFox e Web Sniffer.

► Messageheader do G Suite

Essa ferramenta, entre outras coisas, ajuda você a identificar:

  1. Atrasos no recebimento de e-mails.
  2. Motivo do atraso.
  3. O remetente da mensagem.

headers email

► Web Developer para FireFox

Esta é uma extensão para o Firefox que é exibida como uma barra de ferramentas no topo da janela do Firefox.

Ela irá oferecer botões com diferentes funções, entre as quais podemos destacar “Information” e “view source” que irão permitir-lhe obter informações sobre os elementos de uma página e ver o código fonte.

► Web Sniffer

Web Sniffer  é um programa que analisa dados de uma rede de computadores. Ou seja, este programa grava informações enviadas pelos periféricos e a atividade executada pelo computador.

Para facilitar a tarefa para o usuário, existem essas extensões disponíveis para Windows e Mac, que analisam em detalhes as informações relacionadas a cabeçalhos de e-mails.

· Concluindo…

Quando consideramos seguir uma estratégia de email marketing para nosso negócio digital, é muito comum nos preocuparmos em como capturar assinantes, quanto custará o programa de email marketing e como iremos gerenciar nossas campanhas. No entanto, o que podemos fazer para resolver problemas técnicos?

Se você tem um programador, ou entende sobre isto, você poderá fazer tudo por conta própria. Mas se este não for o seu caso, ou você simplesmente não tem tempo para dedicar tempo para revisar os aspectos técnicos, é essencial que você entenda o que você terá que fazer para buscar ajuda.

Portanto, neste artigo, mostrei as diferentes opções disponíveis para mostrar os cabeçalhos dos nossos e-mails, bem como algumas ferramentas que podem ser usadas para analisar possíveis erros.

Quais outros problemas você acredita que precisará resolver antes que você possa enviar uma newsletter?

Teresa Alba


Suscríbete y accede al ebook privado:
Cómo enviar correos masivos sin ser SPAM







Acepto la política de privacidad.



Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title