Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay Crear cuenta Mailrelay

Investimento em marketing errado: como detectar erros em sua estratégia?

Publicado por Daniel Bocardo em 24/12/2019

Investir em marketing é algo que toda empresa deve fazer periodicamente. De fato, apenas aquelas que fazem isso conseguem obter os melhores resultados em suas estratégias, independentemente do ramo de negócios.

Para continuar crescendo, você terá que reinvestir uma parte dos recursos, para otimizar ainda mais sua estratégia ou para aplicar novas técnicas, como links building ou a segmentação de campanhas de email marketing para nichos específicos.

Mas como você pode saber se você investiu corretamente e deve continuar investindo seus recursos no que parecia a priori uma boa idéia?

É muito comum ver como as marcas e os profissionais tomam decisões de investimento de marketing com base no que os outros fazem, simplesmente porque são uma tendência ou porque “nos impõem”.

Portanto, para impedir que você caia no erro de investir em marketing da maneira errada, neste artigo, falarei sobre:

¡Envía hasta 75.000 emails gratis!

·  3 indicadores que o alertarão quando seu investimento não está funcionando

Que critérios de investimento você deve levar em consideração ao implementar uma estratégia de email marketing em seus negócios.

Embora seja verdade que não se trata de barganha, porque você sempre deve valorizar o profissional ou o fornecedor externo que o aconselhará e / ou o ajudará a implementar todas as ações de marketing necessárias em seus negócios, há muitos casos em que o investimento não se reflete  em resultados reais.

Os motivos podem ser muito amplos, mas em muitos casos os objetivos não foram definidos corretamente, erros de planejamento, estratégia incorreta ou outros fatores.

Em seguida, mostrarei quais são os três indicadores mais óbvios de que seu investimento em marketing pode não estar exatamente correto:

1)Resultados negativos em termos de ROI

e você não estiver familiarizado com esse termo, ROI significa Return On Investment, ou o que é o mesmo em português; retorno do investimento.

Este é um indicador que informa sobre o retorno obtido de um investimento. Ou seja, quanto dinheiro você gerou a partir das ações em que investiu. 

Nesse caso, falaremos sobre o investimento feito em marketing. E com esses dados, saberemos qual é a relação entre o dinheiro investido nessa estratégia e os lucros obtidos com as campanhas.

Quando o ROI é positivo, significa que as ações realizadas estão dando resultados e que o investimento é rentável. Mas, se for negativo, é exatamente o contrário.

Portanto, um ROI negativo é um indicador claro de que seu investimento em marketing não foi bem-sucedido. 

Resultados negativos en términos de ROI

2) Desvio decrescente da concorrência

Outro sinal de que sua estratégia não está indo bem, é quando você detecta que seus concorrentes estão assumindo seu espaço. Se eles começarem a crescer e você não tiver nenhum tipo de progresso, é hora de se perguntar qual é o motivo e tomar medidas para resolvê-lo.

Obviamente, não aceite acreditar no que é publicado nas redes sociais, porque, em muitas ocasiões, inflar os resultados geralmente faz parte de uma estratégia de marketing (mais ou menos ética, uma questão que não vamos abordar aqui).

Para acompanhar de perto a concorrência, você deve aplicar o que é conhecido como “funnel hacking” e usar poderosas ferramentas analíticas, como SEMrush ou HypeAuditor.

Funnel hacking é uma técnica de “espionagem” usada por muitas empresas. O que

eles fazem é se inscrever mascaradamente nas bases de dados de seus concorrentes e monitorar o que eles estão fazendo. Esta é uma estratégia legítima, que pode ajudar você a detectar alterações na estratégia de outras empresas do seu setor.

Dessa forma, você não apenas poderá reduzir essa distância entre outros profissionais do seu setor e você, mas também poderá tirar proveito de tudo isto.

3) Falta de resultados

Se já passou um tempo razoável desde que você fez seu investimento em marketing, (uns três meses), mas você ainda está no mesmo lugar e não avançou de forma alguma, é provável que as ações que você implementou não estejam indo na direção certa.

Nesse caso, você deve parar e fazer uma auditoria para detectar onde está o problema. Quando você encontrá-lo, o próximo passo será repensar seu investimento e direcioná-lo para outro caminho que gere melhores resultados.

Diferentes fatores estão envolvidos no sucesso de uma estratégia de marketing e você deve identificar qual deles está falhando e corrigi-lo.

Criterios de inversión en Email Marketing

· Critérios para investir em email marketing

É verdade que o email marketing é um dos canais mais diretos e eficazes para se comunicar com seu público, mas não será útil se você não tiver objetivos mensuráveis definidos.

De acordo com os estudos estatísticos da HubSpot, já existem mais de 5,6 bilhões de contas de email ativas. E isso se traduz em usuários prontos para inserir e deixar seus e-mails nos seus formulários.

Embora seja indiscutível que o email marketing traga benefícios para praticamente todos os tipos de negócios, você deve saber que, especificamente, essa estratégia é:

 Mais barato do que outras campanhas publicitárias. As plataformas usadas para enviar esses e-mails têm um custo, mas é muito menor que o da entrega de anúncios.

● Mensurável. As plataformas de email marketing, como a Mailrelay, oferecem relatórios estatísticos. Depois de enviar uma campanha, você poderá configurar os critérios que mais lhe interessam medir e, com um clique, obter dados estatísticos avançados sobre suas newsletters.

● Altamente lucrativo em termos de ROI. Quando você gasta 1 Euro em email marketing, você pode obter um lucro de até 40 Euros.

● Escalável. Isso significa que, com o mesmo investimento de recursos e tempo, você pode atingir 500 pessoas ou 50 mil (dependendo do tamanho do seu público).

Nesse sentido, poderíamos dizer que investir em email marketing é uma solução muito lucrativa. 

No entanto, antes de procurar novas alternativas, você deveria trabalhar para aproveitar ao máximo os recursos humanos e técnicos que já possui.

Para que seus envios de email marketing obtenham melhores resultados, você precisará planejar os passos que irá dar com antecedência e buscar informações técnicas ou profissionais para ajudá-lo. A lista de experts trabalhando com você deveria incluir:

  1. Especialistas em funil e automação.
  2. Consultor de marketing em áreas relacionadas (SEO, blogs, mídias sociais.).
  3. Copywriter ou editor especializada em email copywriting.
  4. Programador ou especialista em design e layout de HTML.
  5. Responsável pelo processo.
  6. Especialistas em interpretar resultados e tomar decisões.
  7. Programa de email marketing com características avançadas.

Independentemente de você ter ou não profissionais qualificados para trabalhar com estes aspectos em sua equipe, antes de decidir se você irá investir recursos em email marketing, você deverá analisar seus ativos. Depois que você sabe o que você tem em suas mãos, você poderá buscar por ferramentas e profissionais que podem ajudá-lo a melhorar suas chances de obter bons resultados.

E para detectar se você está investindo em novos recursos corretamente, vamos ver alguns critérios que ajudarão você a tomar a decisão certa nesta área:

Rentabilidad frente a otras acciones de marketing

Rentabilidade em comparação com outras ações de marketing

O email marketing é o canal mais eficaz até o momento. Mais do que redes sociais ou marketing offline. Mas, se você não investir corretamente, será muito difícil obter resultados positivos.

Se por exemplo seu staff sabe como trabalhar com campanhas no Facebook ou no Google Ads, talvez seja mais lucrativo apostar nesse canal antes de procurar o suporte de terceiros para enviar uma campanha de email marketing (embora, é claro, uma coisa não esteja em desacordo com a outra).

Portanto, minha recomendação é que, quando você decidir investir no email marketing, antes de realizar uma investigação sobre as diferentes opções, identifique qual delas pode oferecer o melhor desempenho.

►  Utilização real das diferentes ferramentas

Antes de contratar uma plataforma de email marketing, verifique quais são os recursos que sua empresa realmente irá necessitar.

Se você não o fizer, poderá acabar contratando um plano que não atenda às suas necessidades; se você pagar por algo que não irá usar, você está desperdiçando dinheiro e diminuindo suas margens de lucro.

Analise de antemão quais são as características das ferramentas de email marketing e o que você realmente irá precisar. Por que você deveria pagar por algo que só irá precisar no futuro.

Dessa forma, seu investimento será bem-sucedido e seu ROI o mais alto possível. Além disso, a maioria das ferramentas, como a Mailrelay, oferece uma versão gratuita que você pode usar para testar suas primeiras campanhas e tomar a melhor decisão.

Alguns dos recursos mais básicos que você deve observar são:

● Pacotes para enviar uma newsletter. Ou seja, você deve verificar os planos disponíveis e os preços.

● Automação. Se você deseja criar sequências de email automatizadas, é necessário que esse recurso esteja ativo em sua conta. A maioria das ferramentas o inclui em todos os seus planos; no entanto, quando você optar por uma delas, assegure-se que seu plano irá permiti-lo.

Segmentação. Essa funcionalidade é muito útil para classificar sua lista de contatos por interesses e para poder enviar uma newsletter com base nestes dados.

● Editor drag & drop. Se você não está familiarizado com HTML, esse recurso é essencial para você. Com esse tipo de editor, você pode criar seus e-mails de maneira simples e sem esforço.

●  Relatórios. Como eu disse antes, é imperativo que você obtenha métricas de suas campanhas para poder verificar se seu investimento em marketing está trazendo os resultados desejados e fazer alterações quando necessário. Por esse motivo, esse é outro dos recursos que não podem faltar no seu programa de email marketing.

● Testes A/B. Às vezes, algo falha e você não sabe o porquê. Para descobrir, você pode criar duas versões do mesmo email e medir qual delas funciona melhor. Isto será vital para detectar problemas há tempo

►  Experiência e resultados de campanhas anteriores

Ao investir em marketing para criar uma nova campanha, você deve levar em consideração se a pessoa responsável tem ou não experiência anterior em gerenciamento estratégico.

O motivo é que a experiência traz segurança e, provavelmente, se o responsável já gerenciou campanhas semelhantes antes, os resultados serão mais promissores do que se for a primeira vez que enfrenta esse desafio.

No entanto, você pode tomar como referência as métricas obtidas no passado para comparar resultados e concluir se o investimento valeu a pena ou não. E para isso você pode ver dados como:

● Taxa de abertura. Corresponde à relação entre o número total de e-mails que foram abertos e os que foram enviados.

● Taxa de cliques. Ou seja, o número de usuários que clicaram nos links incluídos no email.

● Taxa de conversão. Ou o mesmo, o número de pessoas que concluíram o objetivo da campanha.

● ROI. Lembre-se de que este parâmetro sempre deve ser positivo para que o investimento em marketing seja lucrativo.

● Porcentagem de bounces. O número de endereços de email que não puderam receber sua campanha de email marketing.

● Taxa de opt-out. Ou o número de pessoas que cancelaram a inscrição em sua lista de assinaturas durante a campanha.

Seja interna ou externamente, você deve ter controle de todas essas métricas, antes, durante e após as campanhas, para tomar boas decisões que favorecem seu investimento em marketing.

Depois de ler todas essas informações, você acha que os investimentos que você fez até agora foram lucrativos para os seus negócios?

Eu gostaria de convidar você a analisar seus resultados e, a partir de agora, quando fizer um investimento em marketing, revise sua estratégia para ver os resultados.

Se esses resultados não forem satisfatórios, mude de direção o mais rápido possível. É normal cometer erros, mas corrija-os rapidamente antes que as consequências sejam irreversíveis.

Daniel Bocardo


El motivo principal por el que no vendes con tus emails es porque acaban en SPAM. Eso tiene solución, está en este ebook, lo puedes descargar registrándote, abajo







Acepto la política de privacidad.



Comentários

  1. Taisa

    La verdad es que la parte de Marketing es la que más cuesta a muchos autónomos y pequeñas empresas. Sobre todo cuando empiezas, y hasta que vas dando con las opciones que te funcionan a tí, todo el mundo te intenta “vender su moto”. Hay que andarse con ojo, para no gastar tontamente. A mí me ha ocurrido. Unos consejos bastante razonables los que aportáis.
    Un saludo.

    27/12/2019 - 17:47:03 Publicar una respuesta
    • Mailrelay

      ¡Hola! Efectivamente hay que tener mucho cuidado donde invertimos en marketing, no todo es claro la verdad.

      27/12/2019 - 20:31:07 Publicar una respuesta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title