6 maneiras de melhorar o tráfego de buscas orgânicas com SEO para ECommerce

Publicado por Micheli em 30/12/2021

Você está procurando uma maneira de melhorar o tráfego orgânico para sua loja virtual? Então, aqui estão algumas dicas de SEO para eCommerce que você pode seguir.

O setor de eCommerce está passando por um estágio em que mais empreendedores estão procurando capitalizar sobre a demanda massiva. Portanto, ajudaria se você tivesse uma estratégia de marketing confiável   para criar conteúdo e atrair mais tráfego orgânico.

A maioria das empresas utiliza o Search Engine Optimization (SEO) para aumentar o tráfego e melhorar seu ranking nos buscadores. No entanto, não é tão fácil de otimizar um site para SEO, pois requer tempo e, em muitos casos, dinheiro.

Como as empresas líderes de eCommerce direcionam tráfego para seus sites (semrush.com)

De acordo com a SEMrush, 37,5% de todo o tráfego vem diretamente dos motores de busca, e é por isso que você precisa aplicar estratégias confiáveis de SEO para eCommerce. No entanto, mais do que o tráfego pago, o tráfego orgânico pode ser mais produtivo para o seu negócio de eCommerce.

Todos os tipos de tráfego são bem-vindos, seja de marketing pago ou busca orgânica, mas quando os clientes vêm organicamente ao seu site, a chance de fazer uma compra aumenta. Hoje, vamos falar sobre algumas das maneiras éticas de melhorar o tráfego orgânico da sua loja virtual.

#1. Público Alvo

O primeiro passo para melhorar o tráfego orgânico é entender o público. Qual é o seu público-alvo e como você pode alcançá-lo são perguntas essenciais a se fazer. Por exemplo, se você criou uma loja virtual de roupas, seu público-alvo terá características específicas, dados demográficos, idade e até mesmo atributos baseados em gênero. Uma marca de moda para roupas femininas precisará  de estratégias de SEO de eCommerce para atingir uma parte específica do público que estará disposto a comprar roupas online.

Da mesma forma, você pode definir seu público-alvo com base em vários parâmetros como:

  • Demografia
  • Localização geográfica
  • Faixa etária
  • Gênero
  • Poder de compra

Depois que seu público-alvo for definido, a próxima melhor dica de SEO para eCommerce será identificar palavras-chave relevantes para seu negócio.

#2. Análise de palavras-chave

Palavras-chave são aquelas frases-chave específicas que os usuários pesquisam nos motores de busca para obter informações relativas a produtos e serviços. Portanto, se você está criando uma estratégia de marketing para uma loja virtual, a análise de palavras chave o ajudará a entender os termos mais competitivos para seu nicho e quais você deveria incluir em sua estratégia de content marketing.

Aqui, o segredo é colocar a keyword certa organicamente. Infelizmente, muitas empresas de eCommerce adicionam várias keywords para tentar melhorar o ranking, mas adicionar um número elevado de palavras-chaves não relevantes não irá gerar resultados melhores. Então, a melhor dica de SEO para eCommerce será colocá-las organicamente em seu conteúdo, em vez de tentar adicionar o máximo de palavras-chaves que você conseguir para aumentar a densidade de keywords.

Existem algumas ferramentas que você pode usar para obter uma análise abrangente de palavras-chave para seu site de eCommerce, como, por exemplo:

  • SEMrush
  • Moz
  • Ubersuggest
  • Ahrefs
  • Google Keywords Planner

Em seguida, você precisa analisar o desempenho do seu site de eCommerce. Essa análise o ajudará a entender diferentes aspectos, como velocidades de carregamento, capacidade de resposta e desempenho de recursos. Isso é essencial para gerar tráfego orgânico, pois seu conteúdo e campanhas de marketing trarão clientes ao site, mas eles irão fechar a página se o site apresentar problemas graves de exibição, demorar muito tempo para carregar ou o conteúdo for diferente do que eles estavam esperando.

#3. Desempenho do site

Quando se trata de otimização de SEO para eCommerce, o desempenho da página é fundamental. Por exemplo, um estudo do Google para velocidade de página móvel indicou que um atraso de um segundo pode aumentar as taxas de rejeição.

O estudo descobriu que se o seu site de eCommerce tem uma velocidade de carregamento de um segundo a 3 segundos, o aumento nas taxas de rejeição é de 32%. Embora se o seu site tiver uma velocidade de carregamento de 10 segundos, as taxas de rejeição aumentam para espantosos 123%.

As taxas de rejeição são uma medida dos clientes que abandonam seu site de eCommerce sem realizar ações como fazer uma compra, baixar seu conteúdo ou fazer uma assinatura. Isto significa que a velocidade de carregamento do seu site irá afetar diretamente suas vendas e seu ranking.

O desempenho do site também inclui a verificação da segurança dos dados que sua plataforma de eCommerce armazena sobre seus clientes. Por exemplo, os clientes podem salvar seus dados financeiros em sua plataforma para futuras transações.

Portanto, você precisa garantir que sua loja virtual é segura e que os clientes não precisam se preocupar com ataques cibernéticos.

#4. Experiência segura

Esteja você procurando ganhar a confiança de seus clientes ou até mesmo aprimorar a estratégia de SEO do seu eCommerce, a segurança é importante. Mecanismos de pesquisa como o Google têm diretrizes específicas para navegação segura e baseada no protocolo HTTPS.

HTTPS é um protocolo seguro que permite a troca de dados entre navegadores e servidores anonimamente. Para isso, você precisará de um certificado SSL que utilizará um algoritmo de criptografia para manter os dados ocultos de hackers.

No entanto, você pode precisar de um certificado SSL para diferentes subdomínios, portanto, seria recomendável usar um certificado SSL wildcard. Isso o ajudará a proteger vários subdomínios de nível um para garantir que sua loja estará 100% segura. Você também precisará de um sistema de autenticação confiável para validar os usuários antes de acessar dados essenciais nas plataformas de eCommerce.

Outro aspecto que você deve otimizar em sua loja virtual é a experiência do usuário com o site. Muitas vezes, as empresas tendem a complicar as interfaces para construir sites ricos em recursos quando o que precisam é oferecer simplicidade.

#5. Estratégia UI/UX

Quando se trata da melhor dica de SEO para eCommerce, as estratégias de UI/UX são muito importantes. Especialmente para empresas que trabalham com muitas categorias de produtos, já que quando não é fácil encontrar o que o visitante está buscando, isto poderia gerar um sentimento de frustração que afetaria a experiência de compra do usuário. Mas como isso pode impactar negativamente seu tráfego orgânico?

Os clientes que têm uma experiência positiva ao usar sua plataforma de eCommerce irão recomendá-la para seus amigos e familiares, trazendo mais tráfego orgânico. Para ajudar esses clientes a compartilhar sua experiência com outros clientes, você poderia adicionar botões de comentários e reviews que eles podem compartilhar nas suas redes sociais.

No entanto, um aspecto essencial para uma estratégia de SEO para eCommerce é trabalhar com SEO local.

#6. SEO Local

SEO local é um termo mais amplo e engloba vários aspectos do ranking entre outros concorrentes nas listagens de empresas locais. Mecanismos de busca como o Google oferecem listas locais para diferentes regiões, e essa é uma ótima maneira de gerar tráfego orgânico. Este tipo de tráfego é muito mais relevante, pois são usuários que estão buscando por produtos ou serviços próximos de onde eles estão localizados neste momento.

Portanto, seria melhor se você otimizasse sua estratégia de SEO local, com algumas ações simples:

  • Atualizar seu endereço e as informações sobre sua localização
  • Certifique-se de que seu número de contato está atualizado
  • Atualize sua conta comercial do Google my business  para aproveitar mais informações sobre as listagens locais.

Conclusão

Usar uma estratégia de SEO de eCommerce para gerar tráfego orgânico é fácil se você aplicar as técnicas corretas. No entanto, você precisará de uma análise de vários aspectos críticos, como o desempenho do site, as keywords que você deseja posicionar, sua estratégia de SEO local, experiência do usuário, etc. A chave é ter um plano confiável para melhorar o tráfego orgânico, ou todo esforço não produzirá resultados para o  seu negócio de eCommerce.

Traduzido por Micheli.

Inscreva-se na newsletter da Mailrelay:

Não vamos oferecer-lhe o típico PDF ou ebook que você nunca irá ler (você sabe que isto é verdade). Prometemos enviar-lhe conteúdo de qualidade periodicamente, com informações úteis para ajudá-lo em sua estratégia de email marketing.

Também não vamos encher sua caixa de entrada com emails de venda, só vamos enviar-lhe artigos e dicas relevantes para seu negócio.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Menu Title